Mercado abrirá em 1 h 15 min
  • BOVESPA

    125.675,33
    -610,27 (-0,48%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.634,60
    +290,49 (+0,57%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,50
    -0,12 (-0,16%)
     
  • OURO

    1.831,70
    -4,10 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    38.843,27
    -896,19 (-2,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    922,43
    -7,93 (-0,85%)
     
  • S&P500

    4.419,15
    +18,51 (+0,42%)
     
  • DOW JONES

    35.084,53
    +153,60 (+0,44%)
     
  • FTSE

    7.015,62
    -62,80 (-0,89%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.877,50
    -160,25 (-1,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0263
    -0,0142 (-0,24%)
     

Messi faz golaço e inicia busca por taça inédita pela Argentina com empate contra o Chile

·3 minuto de leitura

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O atacante Lionel Messi começou com discrição e um golaço sua busca por uma conquista inédita pela seleção da Argentina. A cobrança de falta indefensável abriu o placar do 1 a 1 sobre o Chile na primeira rodada da Copa América, nesta segunda-feira (14), no estádio Nilton Santos, o Engenhão, no Rio de Janeiro.

Messi busca nesta Copa América seu primeiro título pela seleção em sua décima competição profissional pela equipe nacional.

"Meu maior sonho é conseguir um título com a seleção argentina. Estive perto muitas vezes e não deu. Tentarei continuar buscando até conseguir. Tive a sorte de ganhar tudo a nível de clubes, e seria muito lindo poder conseguir isso na seleção", disse Messi, na véspera da partida.

Com Di María e Agüero no banco, a Argentina dominou a maior parte da partida. O Chile, sem Alexis Sánchez, apostou no contra-ataque.

Aos sete minutos do jogo, o atacante deu o primeiro chute perigoso para iniciar a caminhada, mas a bola passou perto da trave esquerda. Passados 25 minutos, Messi acertou o mesmo canto em cobrança de falta magistral.

Logo depois, duas arracandas ao seu estilo pararam na zaga chilena, com falta ou com desarme. No segundo tempo, o craque deu dois chutes perigosos e uma assistência para lance perigoso, mas pouco brilhou.

A Argentina, que havia dominado o primeiro tempo, cedeu o empate aos 11 minutos da segunda etapa. O atacante Eduardo Vargas marcou no rebote do pênalti perdido pelo meio-campo Vidal.

O pênalti foi marcado com auxílio do VAR, e o gol chileno, revisto pelos árbitros de vídeo que suspeitaram de uso da mão do chileno. Assim como há dois anos, a decisão foi favorável aos adversários de Messi.

O adversário da estreia foi o algoz nas úlimas duas finais que a Argentina disputou com Messi: as edições de 2015 e 2016 da Copa América, em que o Chile se sagrou campeão. Um ano antes, o atacante também amargou o vice-campeonato na Copa do Mundo disputada no Brasil na final contra a Alemanha.

Há dois anos, o craque do Barcelona venceu o Chile também no Brasil, mas na disputa pelo terceiro lugar da Copa América. Sua participação naquela competição ficou marcada pelas críticas à Conmebol e ao suposto favorecimento à seleção brasileira, que se sagrou campeã.

"Lamentavelmente, acho que está armado para o Brasil", declarou Messi após ser expulso da disputa pelo terceiro lugar com o Chile há dois anos.

A estreia da Argentina foi precedida de um vídeo em homenagem a Maradona, morto em novembro do ano passado, exibido no telão do Engenhão. Com efeitos de computação gráfica, o ídolo argentino fez embaixadinhas no centro do gramado do estádio Nilton Santos, que também serviu de "tela" para imagens da carreira.

Foi com ele que a Argentina conquistou seu último título, em 1993, na Copa América disputada no Equador. É sob a sombra do craque que Messi tenta mais uma vez tirar sua seleção da fila.

A Argentina enfrenta o Uruguai na próxima sexta-feira (18) e o Chile, a Bolívia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos