Mercado abrirá em 9 h 40 min
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,51 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.126,51
    +442,96 (+0,99%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,69
    -0,08 (-0,15%)
     
  • OURO

    1.857,70
    +2,50 (+0,13%)
     
  • BTC-USD

    32.577,79
    +209,50 (+0,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    658,60
    -18,29 (-2,70%)
     
  • S&P500

    3.855,36
    +13,89 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    30.960,00
    -36,98 (-0,12%)
     
  • FTSE

    6.638,85
    -56,22 (-0,84%)
     
  • HANG SENG

    29.807,13
    -351,88 (-1,17%)
     
  • NIKKEI

    28.642,01
    -180,28 (-0,63%)
     
  • NASDAQ

    13.444,00
    -31,50 (-0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7121
    +0,0759 (+1,14%)
     

Messi e Griezmann juntos ainda tem chance de dar certo?

·2 minuto de leitura

*Por Gustavo Tavares

Em uma tentativa desesperadora do Barcelona em contratar alguém para suprir as necessidades deixadas por Neymar, Antoine Griezmann chegou à Catalunha como uma das maiores transferências da historia do clube: foram 120 milhões de euros no jogador francês. No entanto seu início é conturbado e muito abaixo do nível de expectativa que se criou, até hoje não entregou o que se esperava pelo valor pago. Na atual temporada, o atacante do Barcelona possui 10 jogos e apenas 2 gols, sendo ambos na La Liga. Já na Champions League Griezmann passa em branco.

Atletico Madrid v FC Barcelona - La Liga Santander | Soccrates Images/Getty Images
Atletico Madrid v FC Barcelona - La Liga Santander | Soccrates Images/Getty Images

Por possuir uma função parecida do principal jogador do clube catalão, o francês não conseguiu se adaptar ao estilo de jogo, muito menos engrenar, fez poucas partidas boas. No começo, muito se acreditava que a relação com Messi não era boa, isso deixava o torcedor mais aflito ainda, já que o clube passa por diversos problemas externos e internos. Mas hoje a torcida blaugrana pode respirar aliviada. Antoine concedeu uma entrevista ao canal 'Movistar' e explicou a situação com o craque argentino.

“Conversei com Messi quando cheguei a Barcelona e ele me disse que ficou chateado quando recusei vir um ano antes porque havia feito elogios públicos a mim, mas que estava fechado até a morte comigo e é o que noto e sinto a cada dia”, esclareceu o francês ao canal 'Movistar'.

TOPSHOT-FBL-ESP-LIGA-VILLARREAL-BARCELONA | JOSE JORDAN/Getty Images
TOPSHOT-FBL-ESP-LIGA-VILLARREAL-BARCELONA | JOSE JORDAN/Getty Images

Acredito que a situação de Griezmann melhore em breve. A declaração feita ajuda o jogador a se estabilizar e abre as portas para receber apoio, tanto por partes dos jogadores e da torcida. Todo jogador passa por altos e baixos em sua carreira, com o atacante francês não seria diferente.