Mercado abrirá em 6 h 20 min

Mesmo com coronavírus, Petrobras bate recorde em exportação de óleos combustíveis

Raquel Brandão

A petroleira alcançou a marca de 238 mil barris exportados por dia e superou 1 milhão de toneladas no mês A Petrobras bateu recorde de exportação de óleos combustíveis em fevereiro, alcançando a marca de 238 mil barris exportados por dia e superou 1 milhão de toneladas no mês. A companhia destacou que o forte desempenho ocorreu em mês marcado pelo desafio imposto pelo novo coronavírus à economia global, que restringiu a demanda na Ásia, principal destino das exportações da estatal.

Tânia Rego/Agência Brasil

A empresa diz que com a pressão do coronavírus, novos fluxos foram ajustados, com aumento da destinação de petróleo e óleos combustíveis para Caribe, Estados Unidos e Europa, além de outros mercados. A companhia informa que, no entanto, ainda não é possível estimar os impactos do coronavírus.

De acordo com a empresa, a nova especificação mundial dos combustíveis marítimos (IMO 2020), que reduziu de 3,5% para 0,5% o limite de teor de enxofre no óleo combustível, tem gerado oportunidade única, já que tanto o petróleo quanto o óleo combustível produzidos pela companhia têm baixo teor de enxofre.

“As exportações de petróleo também continuam em patamares elevados, com volumes superiores a 690 mil barris por dia exportados em fevereiro”, completa a petroleira em seu comunicado.