Mercado fechará em 25 mins
  • BOVESPA

    107.281,19
    +1.034,04 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.343,30
    +949,27 (+1,88%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,84
    +2,25 (+2,05%)
     
  • OURO

    1.838,80
    +22,90 (+1,26%)
     
  • BTC-USD

    30.010,00
    +797,99 (+2,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    667,35
    +15,12 (+2,32%)
     
  • S&P500

    3.901,02
    -22,66 (-0,58%)
     
  • DOW JONES

    31.250,42
    -239,65 (-0,76%)
     
  • FTSE

    7.302,74
    -135,35 (-1,82%)
     
  • HANG SENG

    20.120,68
    -523,62 (-2,54%)
     
  • NIKKEI

    26.402,84
    -508,36 (-1,89%)
     
  • NASDAQ

    11.911,50
    -24,00 (-0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1995
    -0,0188 (-0,36%)
     

Mesbla, loja clássica dos anos 80 e 90, volta como site de vendas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A Mesbla, uma das principais redes de lojas de departamento do Brasil até os anos 90, voltou às atividades após 23 anos. No entanto, a marca ressurgiu nesta terça-feira (3) na forma de um site de compras marketplace, como uma vitrine para lojistas menores, na URL mesbla.com. Segundo o UOL, o investimento para o retorno foi de R$ 500 mil.

O site já conta com produtos eletrônicos, eletrodomésticos, móveis, artigos de casa, decoração e brinquedos. O empreendedor Marcel Jeronimo e o advogado Ricardo Viana são os responsáveis pela operação. Os dois compraram o direito e a licença para usar o nome, a marca e identidade visual da Mesbla na internet.

A Mesbla surgiu em São Paulo em 1912 e encerrou as atividades em 1999, com a falência da rede; houve ainda uma tentativa de seu ex-dono, Ricardo Mansur, revitalizar a marca em 2009 como um site para o público feminino, mas o negócio não foi fechado. Agora, a nova Mesbla não deve abrir lojas físicas. "Nosso DNA não vai ser de um marketplace de nicho. Vamos oferecer o máximo de categorias para atender o Brasil inteiro", contou Jeronimo ao UOL.

Site da Mesbla é um marketplace com diversos produtos (Imagem: Reprodução/Mesbla.com)
Site da Mesbla é um marketplace com diversos produtos (Imagem: Reprodução/Mesbla.com)

De acordo com o empresário, a plataforma vai gerar 2.500 empregos diretos e indiretos. Para divulgar a novidade, vagões do metrô do Rio de Janeiro foram cobertos com adesivos da Mesbla.

O retorno da marca como um site, segundo a empresa, é consequência da expansão do e-commerce no Brasil. A Neotrust, empresa que monitora 85% do comércio eletrônico do país, afirma que o setor cresceu 26,9% em 2021, em comparação com o ano anterior. Também obteve um faturamento de R$ 160 bilhões no ano passado, graças principalmente à pandemia de covid-19.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos