Mercado fechará em 3 mins

Merkel deseja acordo sobre plano de recuperação da UE até o fim de julho

A chanceler alemã Angela Merkel discursa no Parlamento em 18 de junho de 2020

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, deseja um acordo até o fim de julho sobre o plano de recuperação europeia de 750 bilhões de euros (843 bilhões de dólares) para aliviar as consequências da pandemia do novo coronavírus.

"Seria melhor se chegássemos a um acordo antes das férias de verão", afirmou a chefe de Governo.

Desta forma, o Parlamento Europeu e os Parlamentos nacionais terão tempo para ratificar o acordo, assim como o orçamento da União Europeia (UE) "até o fim do ano", disse a chanceler aos deputados alemães, antes de pedir aos países que "atuem rapidamente e com decisão".

Na sexta-feira, os governantes europeus participarão na primeira reunião por videoconferência sobre o grande plano de recuperação.

"Mas no momento está prevista apenas uma primeira discussão", explicou Merkel.

"Depois o presidente do Conselho Europeu (Charles Michel) fará consultas intensivas e só poderemos tomar decisões em uma reunião física do Conselho Europeu mais tarde", completou.

A Alemanha assume no dia 1º de julho a presidência semestral da UE e terá um papel chave nas negociações das próximas semanas.

"A situação está longe de ser fácil, mas espero que todos os Estados membros atuem com compromisso diante de uma situação sem precedentes", concluiu a chanceler.