Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.991,74
    +180,71 (+0,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Mercedes precisa conciliar desempenho e confiabilidade na F1, diz estrategista

·1 min de leitura
Piloto Lewis Hamilton, da Mercedes, no GP dos EUA de F1

LONDRES (Reuters) - A Mercedes precisa combinar desempenho e confiabilidade no resto da temporada da Fórmula 1, porque qualquer desistência seria "catastrófica" para suas esperanças de título, disse o estrategista-chefe da equipe, James Vowles, nesta quinta-feira.

Ele acrescentou, porém, que está confiante que as trocas de motor recentes do heptacampeão mundial Lewis Hamilton e do colega de equipe Valtteri Bottas, com penalidades, compensarão no final.

Hamilton está 12 pontos atrás de Max Verstappen, da Red Bull, a cinco corridas do encerramento da campanha, e a Mercedes está 23 pontos atrás da Red Bull no campeonato de construtores depois do Grande Prêmio dos Estados Unidos de domingo passado.

Hamilton sofreu uma punição de dez posições no grid na Turquia neste mês por ultrapassar o limite de troca de motores da temporada, e pode estar sujeito a mais uma em meio às preocupações persistentes a respeito da confiabilidade dos motores da Mercedes.

Bottas já teve três penalidades, incluindo cinco posições no grid do Texas, e já está no sexto motor da temporada. Os pilotos só podem usar três sem serem punidos.

"Estamos equilibrando desempenho contra confiabilidade até o final da temporada", disse Vowles na reunião pós-corrida do GP dos EUA no canal de YouTube da equipe.

"Nossa incapacidade de terminar uma corrida, seja por causa de um chassis ou de uma punição de motor, seria catastrófica para o campeonato".

(Por Alan Baldwin)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos