Mercado fechará em 7 mins

Mercedes e Nvidia se unem para criar sistemas autônomos em carros

Felipe Ribeiro

A Mercedes-Benz e a Nvidia anunciaram uma parceria para criar sistemas avançados de computação com foco em inteligência artificial e que serão implementados em toda a frota da montadora alemã a partir de 2024. Trabalhando juntas, as empresas planejam desenvolver a arquitetura de computação mais sofisticada e avançada já implementada em um automóvel. O anúncio foi feito em transmissão ao vivo comandada por Jensen Huang, fundador e CEO da Nvidia, e Ola Källenius, chairman do conselho de administração da Daimler AG e chefe da Mercedes-Benz AG, e que foi acompanhada pelo Canaltech.

A nova arquitetura definida por software será construída na plataforma Nvidia Drive e será padrão em toda a frota de veículos Mercedes-Benz da próxima geração, permitindo funcionalidades de direção automatizadas de ponta. O principal recurso será a capacidade de automatizar a condução de rotas regulares de endereço para determinados endereços. Além disso, haverá inúmeras aplicações futuras de segurança e conveniência. Os clientes poderão comprar e adicionar recursos, aplicativos de software e serviços de assinatura por meio de atualizações over the air de software durante a vida útil do carro.

O que é o Nvidia Drive?

O SoC escolhido pelas empresas é chamado de Orin e é baseado na arquitetura de supercomputação Nvidia Ampere, que foi anunciada recentemente pela fabricante. A plataforma Nvidia Drive inclui um stack de software de sistema completo projetado para aplicações de IA de direção automatizada. A Nvidia e a Mercedes-Benz desenvolverão os aplicativos de IA e veículos automatizados (AV) em conjunto, que incluem os níveis SAE Nível 2 e 3, bem como funções de estacionamento automatizadas (até o Nível 4).

Imagem: Nvidia

Os recursos de última geração do novo sistema serão aproveitados com foco total na segurança. À medida que a estrutura tecnológica e regulamentar se desenvolver, será possível atualizar todos os carros através da nuvem para permitir novas funções de direção automatizada. Conveniência e outros recursos de segurança também estarão disponíveis.

O Nvidia Drive também vai permitir o desenvolvimento orientado a dados e o desenvolvimento de redes neurais profundas para atender aos requisitos das regiões e domínios operacionais em que os carros da Mercedes estarão disponíveis.

Fonte: Canaltech