Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.646,66
    -1.421,89 (-1,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.071,93
    +345,97 (+0,68%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,52
    -0,49 (-0,68%)
     
  • OURO

    1.799,70
    +1,70 (+0,09%)
     
  • BTC-USD

    17.220,57
    +411,42 (+2,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    405,79
    +11,11 (+2,81%)
     
  • S&P500

    3.955,30
    +21,38 (+0,54%)
     
  • DOW JONES

    33.706,82
    +108,90 (+0,32%)
     
  • FTSE

    7.472,17
    -17,02 (-0,23%)
     
  • HANG SENG

    19.450,23
    +635,41 (+3,38%)
     
  • NIKKEI

    27.574,43
    -111,97 (-0,40%)
     
  • NASDAQ

    11.594,00
    +84,50 (+0,73%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4976
    +0,0312 (+0,57%)
     

Mercados sobem antes de dados de emprego nos EUA

Telão mostra o índice Nikkei em Tóquio

Por Stella Qiu

SYDNEY (Reuters) - As ações asiáticas subiram em sua maioria nesta quinta-feira à medida que o dólar oscilava antes de dados de emprego nos Estados Unidos.

O índice de ações Nikkei do Japão subiu 0,7%, tendo mais cedo alcançado o nível mais alto desde o final de setembro, impulsionado por ações de energia e relacionadas a chips.

O mercado da Coreia do Sul avançou 1,02% enquanto as ações australianas reverteram as perdas para fecharem praticamente estáveis.

O índice Hang Seng de Hong Kong, por outro lado, terminou com baixa de 0,42%. Os mercados da China continental permanecem fechados esta semana devido a um feriado.

Nesta semana, dados de abertura de vagas de emprego nos EUA sugeriram que o mercado de trabalho e a economia estavam desacelerando. Junto com o movimento inesperado do banco central da Austrália de aumentar os juros em apenas 25 pontos base, tudo isso alimentou as expectativas de aumentos menos agressivos dos juros pelos bancos centrais e elevou o sentimento de risco.

Mas essas esperanças foram frustradas depois que o Relatório Nacional de Emprego da ADP mostrou que o emprego privado nos EUA aumentou mais do que o estimado em setembro e após o Instituto de Gestão de Fornecimento informar que o setor de serviços diminuiu menos do que o esperado em setembro e o emprego aumentou.

"A atenção está agora firmemente voltada para o relatório de setembro sobre o mercado de trabalho (dos EUA)", disseram analistas do ANZ.

Os dados de emprego nos EUA fora do setor agrícola serão divulgados na sexta-feira, e analistas consultados pela Reuters esperam que 250.000 empregos tenham sido acrescentados no mês passado e que o desemprego chegue a 3,7%.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,70%, a 27.311 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,42%, a 18.012 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC permaneceu fechado.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, não teve operações.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 1,02%, a 2.237 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,66%, a 13.892 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,05%, a 3.151 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,03%, a 6.817 pontos.