Mercados de NY apontam para uma abertura em alta

Os índices futuros das bolsas de Nova York apontam para uma abertura em alta nesta segunda-feira, com a aprovação na Grécia de seu orçamento para 2013, dados positivos da China e notícias de acordos entre empresas norte-americanas ajudando a melhorar o sentimento do investidor após os mercados em Wall Street apresentarem sua pior performance semanal em meses. Às 12h15 (de Brasília), o Dow Jones futuro subia 0,28%, enquanto Nasdaq avançava 0,51% e S&P 500 ganhava 0,29%. Por causa do feriado do Dia dos Veteranos, não haverá divulgação de indicadores econômicos nos EUA nesta segunda-feira.

No setor corporativo, as ações da Jefferies Group chegaram a subir até 18% no pré-mercado em Nova York após a firma de investimentos anunciar sua aquisição pela Leucadia National, cujos papéis avançavam 0,2%. Já a Titanium Metals disparava 43% depois de fechar sua venda para a Precision Castparts, por cerca de US$ 2,9 bilhões.

Na Europa, os mercados acionários estavam mistos antes do início da reunião dos ministros das Finanças da zona do euro, prevista para as 14h (de Brasília). A Grécia, que depende da aprovação de uma nova tranche do seu pacote de ajuda para não decretar moratória, será o assunto principal do encontro.

Os últimos números da balança comercial da China, que teve um superávit maior do que o esperado em outubro, ajudam a sustentar os mercados mundiais. Por outro lado, o Produto Interno Bruto (PIB) do Japão recuou 0,9% no terceiro trimestre antes os três meses anteriores e registrou contração de 3,5% na comparação anual.

Outro destaque no pré-mercado era a Apple, cujas ações ganhavam 0,8% após o Wall Street Journal noticiar que a taiwanesa HTC terá de pagar taxas de licenciamento ao fabricante do iPhone e do iPad como parte de um acordo para todas as disputas por patentes travadas entre as duas empresas. Já a D.R. Horton avançava 1,9% após anunciar lucro trimestral maior do que o previsto. As informações são da Dow Jones.

Carregando...