Mercados de Nova York seguem em rotas divergentes

O mercado norte-americano de ações segue com os principais índices em direções divergentes, o Dow Jones e o S&P-500 em alta modesta e o Nasdaq em queda. Na agenda econômica, o índice de confiança do consumidor da Conference Board caiu mais do que se previa em janeiro, enquanto os índices de preços de imóveis residenciais S&P/Case-Shiller de novembro ficaram de acordo com a expectativa.

"O mercado está começando a comprar nos momentos de queda de preços, em vez de vender nas altas. Os grandes alocadores de capital parecem estar repensando modestamente suas posições, e estamos falando em trilhões de dólares, Isso vai tornar os recuos do mercado mais rasos, e vai nos posicionar para subir mais tarde neste ano", comentou Dan Veru, da Palisade Capital Management.

Entre os destaques da sessão estão ações de empresas que divulgaram informes de resultados do quarto trimestre, como Yahoo! (-1,8% há pouco) Pfizer (+2,3%), Ford Motor (-6,1%), Eli Lilly (+2,3%), DR Horton (+10,7%), Corning (+0,7%) e Harley-Davidson (+0,7%). As ações da Hess, do setor de energia, subiam 9,7% nesta terça-feira, depois de a Elliott Management revelar que adquiriu participação majoritária na empresa; as da Apple avançavam 1,7%, depois de a empresa anunciar o lançamento de uma versão do iPad 4 com o dobro de memória.

Outras ações do setor de tecnologia, porém, estão em baixa, pressionando o índice Nasdaq; entre elas estão empresas que divulgaram resultados, como VMWare (-19,7%), Seagate Technologies (-8,6%) e EMC (-6,4%). As da Amazon.com, que divulga balanço hoje depois do fechamento, caíam 2,7% minutos atrás.

Às 14h07 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 37 pontos (0,27%), para 13.918 pontos; o Nasdaq caía 9 pontos (0,29%), para 3.145 pontos; o S&P-500 subia 2 pontos (0,14%), para 1.502 pontos. As informações são da Dow Jones.

Carregando...