Mercados futuros de Nova York operam em leve alta

Os mercados futuros da Bolsa de Nova York operam em alta nesta terça-feira, quando os eleitores dos Estados Unidos escolhem entre o democrata Barack Obama e o republicano Mitt Romney. Por volta das 10h40 (pelo horário de Brasília), o índice Dow Jones futuro subia 0,28%, o Nasdaq avançava 0,39% e o S&P 500 tinha alta de 0,21%.

O resultado da eleição presidencial nos EUA provavelmente só será conhecido no fim do dia ou no início da madrugada desta quarta-feira (07). Investidores esperam que a decisão não atrase, como ocorreu em 2000, na disputa entre o republicano George W. Bush e o democrata Al Gore. As últimas pesquisas de opinião indicam uma disputa apertada, embora Obama tenha uma pequena vantagem sobre Romney em alguns dos chamados "Estados indecisos", como Iowa.

"As pesquisas também sugerem que o Congresso continuará dividido, com os democratas no controle do Senado e os republicanos com a maioria na Câmara", comentam em nota os analistas da Danske Research. "A maior preocupação nos mercados financeiros é que o Congresso não seja capaz de chegar a um acordo para amenizar o impacto do 'abismo fiscal' no começo do ano que vem", acrescentam.

Segundo analistas, existe um certo sentimento de alívio com o fato de o dia da eleição finalmente ter chegado, após uma longa e tumultuada campanha. Na segunda-feira (05), as bolsas de Nova York fecharam em alta modesta, com os investidores evitando assumir grandes posições antes da eleição. Na agenda de indicadores econômicos, o único dado relevante hoje é o relatório do American Petroleum Institute (API) sobre os estoques semanais de petróleo, às 19h30.

No horário citado acima das bolsas europeias operavam em leve alta, enquanto os mercados asiáticos fecharam em direções divergentes. O dólar registra pequena retração ante o euro, e o ouro e o petróleo têm ganhos moderados. As informações são da Dow Jones.

Carregando...