Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.541,95
    -1.079,62 (-1,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.524,45
    -537,16 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    106,51
    +0,75 (+0,71%)
     
  • OURO

    1.805,20
    -2,10 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    20.396,26
    +352,88 (+1,76%)
     
  • CMC Crypto 200

    436,52
    +5,05 (+1,17%)
     
  • S&P500

    3.785,38
    -33,45 (-0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.775,43
    -253,88 (-0,82%)
     
  • FTSE

    7.169,28
    -143,04 (-1,96%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.220,48
    -172,56 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    11.500,00
    -29,50 (-0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4973
    -0,0083 (-0,15%)
     

Mercados convergem para aposta em alta mais agressiva de juros pelo Fed na quarta-feira

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Operadores no pregão da Bolsa de Valores de Nova York (NYSE), EUA, 13 de junho de 2022. REUTERS/Brendan McDermid
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

LONDRES (Reuters) - Investidores aumentaram drasticamente apostas de que o Federal Reserve elevará as taxas de juros em 75 pontos-base em vez de 50 pontos-base na quarta-feira, uma mudança nas expectativas que alimentou uma violenta liquidação nos mercados mundiais.

As expectativas de uma alta de 75 pontos-base na reunião de junho saltaram para 96,5% nesta terça-feira, de apenas 3,9% há uma semana, de acordo com a ferramenta Fedwatch da CME.

Consequentemente, as expectativas de uma alta de 50 pontos-base na quarta-feira caíram para menos de 4%, de uma aposta certa uma semana antes..

Investidores temem que um incremento de 75 pontos-base, que seria a maior desde 1994, impacte negativamente a avaliação das ações, principalmente as de tecnologia, e comprometa a recuperação no pós-pandemia.

A liquidação de segunda-feira confirmou um chamado mercado em baixa para o índice de ações S&P 500, que caiu mais de 20% em relação ao recorde de fechamento mais recente.

O Fed conclui reunião de política monetária de dois dias na quarta-feira com a informação, divulgada no fim da semana passada, de que os preços ao consumidor dos EUA subiram em maio no ritmo mais rápido desde 1981.

Alguns bancos de investimento, incluindo o Goldman Sachs, disseram que agora esperam aumentos de 75 pontos-base em junho e julho e, em seguida, acréscimo de 50 pontos-base em setembro. A TD Securities projeta o mesmo orçamento de aumentos de juros em junho e julho.

(Por Julien Ponthus)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos