Mercado abrirá em 4 h 4 min
  • BOVESPA

    111.539,80
    +1.204,97 (+1,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.682,19
    +897,61 (+2,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,79
    +0,04 (+0,07%)
     
  • OURO

    1.725,60
    -8,00 (-0,46%)
     
  • BTC-USD

    50.717,52
    +2.143,24 (+4,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.016,12
    +28,02 (+2,84%)
     
  • S&P500

    3.870,29
    -31,53 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.391,52
    -143,99 (-0,46%)
     
  • FTSE

    6.695,57
    +81,82 (+1,24%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.559,10
    +150,93 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    13.163,75
    +108,50 (+0,83%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8704
    +0,0083 (+0,12%)
     

Mercados avançam com tecnologia liderando ganhos

Shreyashi Sanyal e Susan Mathew
·1 minuto de leitura
Bolsa de Valores de Frankfurt, na Alemanha

Por Shreyashi Sanyal e Susan Mathew

(Reuters) - As ações europeias subiram nesta quinta-feira, com os investidores acompanhando de perto uma enxurrada de balanços empresariais e o progresso nas medidas de estímulo dos Estados Unidos, em busca de pistas sobre o ritmo de recuperação das empresas.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,42%, a 1.584 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,46%, a 411 pontos, caminhando para avançar mais de 4% em fevereiro.

O índice STOXX 600 está cerca de 5% abaixo de seu pico de fevereiro de 2020, após avançar cerca de 50% desde que tombou, em março passado, auxiliado por estímulos monetários e fiscais históricos.

Os investidores acompanhavam de perto os sinais de progresso em torno da proposta de estímulo dos EUA no valor de 1,9 trilhão de dólares, com dados mostrando uma recuperação estagnada no mercado de trabalho fortalecendo as perspectivas de auxílio.

As ações de tecnologia, as maiores beneficiárias da pandemia de coronavírus, lideraram os ganhos nesta quinta-feira, com alta de 2,2%, já que o avanço de seus pares norte-americanos levou o Nasdaq perto de máximas recordes. [.NPT]

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,07%, a 6.528,72 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,77%, a 14.040,91 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,02%, a 5.669,82 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,18%, a 23.307,24 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,34%, a 8.037,60 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,13%, a 4.815,70 pontos.