Mercado abrirá em 1 h 31 min
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,06
    -0,07 (-0,11%)
     
  • OURO

    1.785,40
    +5,20 (+0,29%)
     
  • BTC-USD

    56.979,90
    +2.159,42 (+3,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.292,62
    -99,09 (-7,12%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.038,13
    +18,60 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    29.106,15
    +136,44 (+0,47%)
     
  • NIKKEI

    29.685,37
    +2,00 (+0,01%)
     
  • NASDAQ

    13.990,50
    -39,00 (-0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7180
    +0,0319 (+0,48%)
     

Mercado vê alta de 0,5 p.p. da Selic esta semana e inflação a 4,6% em 2021

Camila Moreira
·2 minuto de leitura
Prédio do Banco Central em Brasília

Por Camila Moreira

SÃO PAULO (Reuters) - O mercado passou a ver alta de 0,50 ponto percentual da taxa básica de juros esta semana, ao mesmo tempo em que elevou suas previsões para a Selic e a inflação ao final deste ano e passou a ver maior desvalorização do real.

Com a Selic na mínima histórica de 2,0%, o Comitê de Política Monetária se reúne na quarta-feira e a expectativa na pesquisa Focus do Banco Central divulgada nesta segunda é de que a taxa básica de juros suba a 2,50%.

O levantamento apontou também que a projeção agora é de Selic de 4,50% ao final de 2021, de 4,0% antes, terminando 2022 a 5,50%.

Para a inflação, a projeção para este ano subiu pela 10ª semana seguida e chegou a 4,60%, de 3,98% antes e bem acima do centro da meta oficial, de 3,75%. Para 2022 seque a expectativa de alta do IPCA de 3,50%, exatamente no centro da meta. Para ambos os anos a margem de tolerância é de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Os especialistas consultados também passaram a ver maior desvalorização do real, calculando o dólar a 5,30 reais e 5,20 reais respectivamente neste ano e no próximo, de 5,15 e 5,13 antes.

Já o cenário para a atividade econômica piorou, com o crescimento do Produto Interno Bruto calculado em 3,23% e 2,39% respectivamente em 2021 e 2022, 0,03 e 0,09 ponto percentual a menos do que na semana anterior.

Veja abaixo as principais projeções do mercado para a economia brasileira, de acordo com a pesquisa semanal do BC com cerca de 100 instituições financeiras:

Expectativas de mercado 2021 2021 2022 2022

Mediana Há 1 Hoje Há 1 Hoje

semana semana

IPCA (%) 3,98 4,60 3,50 3,50

PIB (%) 3,26 3,23 2,48 2,39

Dólar (fim de período-R$) 5,15 5,30 5,13 5,20

Selic (fim de período-% a.a.) 4,00 4,50 5,50 5,50

Preços administrados (%) 5,17 6,15 3,87 3,97

Produção industrial (%) 4,37 4,69 2,30 2,38

Conta corrente (US$ bi) -12,50 -11,00 -19,70 -19,70

Balança comercial (US$ bi) 55,00 55,00 50,00 50,00

IDP (US$ bi) 52,50 52,50 61,90 60,00

Dívida líquida pública (%/PIB) 64,44 65,00 65,50 66,20