Mercado fechará em 6 h 34 min
  • BOVESPA

    107.322,06
    +850,14 (+0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.723,43
    -192,77 (-0,41%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,76
    -1,25 (-1,40%)
     
  • OURO

    1.797,80
    +6,60 (+0,37%)
     
  • BTC-USD

    24.071,17
    +919,15 (+3,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    562,76
    +27,53 (+5,14%)
     
  • S&P500

    4.145,19
    -6,75 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    32.803,47
    +76,67 (+0,23%)
     
  • FTSE

    7.498,76
    +59,02 (+0,79%)
     
  • HANG SENG

    20.045,77
    -156,17 (-0,77%)
     
  • NIKKEI

    28.249,24
    +73,37 (+0,26%)
     
  • NASDAQ

    13.268,50
    +39,75 (+0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2059
    -0,0607 (-1,15%)
     

Mercado de Treasuries agora foca no fim do aperto do Fed

(Bloomberg) -- O foco do mercado de títulos americano se deslocou. Com um consenso nascente de que o Federal Reserve terminará seu ciclo de alta de juros este ano, os investidores apostam no que acontecerá depois disso.

É claro que ainda há uma enorme incerteza sobre o quão alto a taxa básica de juros do Fed precisará subir para restaurar a estabilidade de preços na economia, e como ele chegará lá. Na semana passada, o debate foi se na reunião de julho haverá outro aumento de 0,75 ponto percentual ou o primeiro ponto completo desde a década de 80, depois que a inflação de junho aumentou mais do que o esperado.

No entanto, o principal campo de batalha mudou para quanto tempo a taxa básica pode permanecer em seu nível máximo e quanto, se é que cairá, no próximo ano - questões que dependem de como a economia lida com juros que devem chegar a 3,5%, de uma faixa atual de 1,50%-1,75%. O declínio nos rendimentos de 10 anos para níveis mais de 20 pontos-base abaixo dos de dois anos sinalizam pessimismo.

“Claro, podemos chegar a uma recessão, mas como investidores, temos que pensar em como seria e o que há do outro lado”, disse Anthony Crescenzi, gestor da Pimco. Sua perspectiva é de uma recessão branda na qual o Fed mantém a taxa básica de juros estável em seu nível máximo, em vez de trazê-la rapidamente de volta para baixo, e que os investidores hesitarão em voltar a investir em títulos depois das grandes perdas deste ano.

“A memória do que aconteceu no mercado de títulos este ano durará uma geração”, disse Crescenzi à Bloomberg Television. Salvo uma recessão econômica muito mais profunda do que a maioria das pessoas prevê, “os investidores não vão ter pressa de reduzir os rendimentos tão rápido”, disse.

A visão de que a taxa básica de juros atingirá o pico no final deste ano ou no início do próximo é evidente nos contratos de swap vinculados às datas das reuniões do Fed. Os contratos de dezembro de 2022 e fevereiro de 2023 apresentam taxas mais altas, pouco acima de 3,5%. As taxas do final de 2023 estão em torno de 3%, refletindo a visão consensual de que os cortes nas taxas seguirão os aumentos, que começaram em março deste ano, quando a inflação dos EUA se aproximou de 8%.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos