Mercado fechará em 1 h 44 min
  • BOVESPA

    130.131,06
    -76,90 (-0,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.877,54
    -152,00 (-0,30%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,06
    +1,18 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.859,10
    -6,80 (-0,36%)
     
  • BTC-USD

    41.205,52
    +1.064,76 (+2,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.024,82
    +14,21 (+1,41%)
     
  • S&P500

    4.248,29
    -6,86 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    34.322,76
    -70,99 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.172,48
    +25,80 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    28.638,53
    -203,60 (-0,71%)
     
  • NIKKEI

    29.441,30
    +279,50 (+0,96%)
     
  • NASDAQ

    14.054,00
    -70,75 (-0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1252
    -0,0063 (-0,10%)
     

Mercado de smartphones deve atingir maior patamar desde 2015

·2 minuto de leitura
Mercado de smartphones deve atingir maior patamar desde 2015
Mercado de smartphones deve atingir maior patamar desde 2015

O mercado global de smartphones deve totalizar 1,38 bilhão de unidades vendidas até o dia 31 de dezembro de 2021, e estabelecer o maior crescimento do setor nos últimos seis anos. De acordo com os dados divulgados nesta sexta-feira (28/05) pela International Data Corporation (IDC), ele atingirá um patamar que não é alcançado desde 2015.

O relatório previu ainda que será registrado um aumento de 7,7% em relação a 2020, e que essa tendência de alta deve continuar em 2022, quando o crescimento ano a ano será de 3,8 %, com embarques chegando próximos de 1,43 bilhão de unidades. “Embora o crescimento de 7,7% pareça uma reviravolta impressionante no mercado, devemos ter em mente que estamos nos recuperando de um dos anos mais desafiadores já registrados”, ponderou Anthony Scarsella , gerente de pesquisa do Worldwide Mobile Device Trackers, da IDC.

Ryan Reith , vice-presidente de programa da IDC, concordou com o colega e acrescentou outros pontos que desafiaram o mercado de smartphones na caminhada para atingir o maior patamar dos últimos seis anos. “Os smartphones estão enfrentando concorrência para os gastos do consumidor de mercados adjacentes, como PCs, tablets, TVs e dispositivos domésticos inteligentes, mas isso não diminuiu o caminho do mercado para a recuperação”.

Imagem mostra gráfico do IDC com projeção do maior crescimento do mercado de smartphones para 2021
Imagem mostra gráfico do IDC com projeção do maior crescimento do mercado de smartphones para 2021

Divulgação/IDC

Explosão do 5G

A mudança de rede nos smartphones, que começam a ver a tecnologia 4G LTE ser substituída pela 5G no mercado global, também seguirá colaborando para o mercado registrar um crescimento cada vez maior a partir de 2021. A expectativa registrada no relatório de hoje aponta para um crescimento de 130% nas remessas em 5G somente até o fim deste ano.

“Praticamente todas as regiões fora da China terão um crescimento de três dígitos até o final deste ano. No entanto, em termos de participação de mercado, a China liderará com quase 50% de participação nas remessas de 5G em 2021, enquanto os EUA seguirão com uma participação de 16%. Outros mercados significativos, como Europa Ocidental e Ásia / Pacífico (excluindo China e Japão), se combinarão para obter uma participação de 23,1% em vendas no mercado mundial de 5G até o final de 2021”, diz parte do relatório.

Segundo a documentação divulgada pelo órgão, a maior procura por 5G, ao mesmo tempo em que fará o mercado ter um crescimento cada vez maior, colaborará para os preços dos smartphones com a nova tecnologia cair na mesma proporção. “Continuamos a ver um forte impulso do lado da oferta em direção ao 5G, e os preços continuam caindo como resultado . A IDC espera que os preços médios de venda (ASPs) para dispositivos 5G Android caiam 12% ano após ano em 2021 para US$ 456 (R$ 2.381) e abaixo de US$ 400 (R$ 2.089) em 2022. A Apple, por sua vez, continuará a sentir pressão de preços”, concluiu Ryan Reith.

Via GizmoChina

Imagem: March Meena/iStock