Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.758,89
    +159,99 (+0,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Mercado Pago antecipa Banco Central e oferece parcelamento via Pix

A adesão ao sistema de pagamentos instantâneos (Pix) do Banco Central do Brasil (Bacen) é bastante alta. Lançado em novembro de 2020, ele atingiu 313.271.201 de chaves cadastradas em 31 de agosto de 2021. Uma das opções da solução é o Pix Garantido, que ainda aguarda lançamento.

Enquanto isso, o Mercado Pago decidiu antecipar seus planos em relação a ele. A plataforma vai oferecer a possibilidade de pagar a prazo com Pix mediante uma taxa de juros — que vai variar conforme o valor da venda e o score de risco do cliente. O teste da função vai considerar os setores de vestuário e saúde, que têm tíquete médio mais alto e maior índice de parcelamento.

Inicialmente, a empresa se uniu a redes de farmácias e outros varejistas para integrar o Pix na plataforma. Drogaria SP e Drogaria Pacheco, por exemplo, já podem receber dos consumidores instantaneamente pelo serviço. Varejistas de moda, como C&A e Renner, também devem participar da ação.

Imagem: Reprodução/Agência Brasil/Marcello Casal
Imagem: Reprodução/Agência Brasil/Marcello Casal

Rodrigo Furiato, diretor de carteira digital do Mercado Pago, diz que a empresa já tem essa solução em outros fluxos, como na recarga de celular e na compra do Mercado Livre. “Nossa carteira de crédito para consumidores cresceu muito recentemente. Agora queremos oferecer essa possibilidade para compras de maior valor, como em farmácias e no varejo de moda”, informa.

Para incentivar a adesão, o Mercado Pago tem oferecido desconto: cupons levam consumidores aos sites e aos aplicativos dos parceiros. “É um pilar muito importante tanto para os vendedores quanto para os clientes. Com o Pix, além de ter um meio de pagamento mais barato, o varejista tem uma ferramenta de venda, de marketing mesmo, quando implementa o QR code”, avalia Furiato.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos