Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.775,68
    -87,20 (-0,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Mercado Livre se torna acionista de empresa dos EUA de anúncios digitais

·1 minuto de leitura

A plataforma argentina de comércio eletrônico Mercado Livre fechou acordo nesta quarta-feira (18) para tornar-se acionista da empresa de publicidade digital norte-americana Aleph Group, avaliada em mais de US$ 2 bilhões (R$ 10,7 bilhões) e que Opera na América Latina por meio da IMS (Internet Media Services).

O acordo prevê para o Mercado Livre uma participação na Aleph no valor de US$ 25 milhões. O gigante de e-commerce deve colaborar com a IMS para monetizar seu espaço publicitário em países onde o Mercado Livre não tem operação local de vendas. A transação deve ser concluída até o final de agosto.

Imagem: Reprodução/vectorjuice/Freepik
Imagem: Reprodução/vectorjuice/Freepik

"Estamos entusiasmados em apoiar o crescimento de Aleph junto ao ecossistema global de publicidade. Sabemos do enorme potencial e estou confiante de que este investimento estratégico continuará a impulsionar o desenvolvimento da publicidade digital na região", disse Marcos Galperin, CEO e fundador do Mercado Livre.

"Este é um endosso claro da oportunidade de crescimento que a Aleph tem pela frente ao realizar nossa visão global. A mídia digital tem o poder de desbloquear o desenvolvimento econômico e deve ser experimentada igualmente em todo o mundo", disse Gastón Taratuta, fundador e CEO da Aleph.

A Aleph atua em mais de 90 mercados por todo o mundo e tem parcerias com plataformas como Twitter, Spotify, Snapchat, LinkedIn, TikTok, Facebook, Twitch eTripadvisor. Além do marketplace e comércio de produtos usados, o Mercado Livre tem outros negócios como o Mercado Pago (fintech), Mercado Envios (logística) e Mercado Livre VIS (veículos, imóveis e serviços), entre outros. Em abril, anunciou frete grátis para compras a partir de R$ 79 e passou a aceitar pagamentos via Pix.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos