Mercado de imóveis argentino está praticamente parado

As vendas do mercado imobiliário da capital argentina recuaram 47% em setembro e completaram nove meses de retrocesso, conforme dados do Colégio de Escrivães de Buenos Aires. Como consequência do forte controle oficial sobre o mercado de câmbio, o setor deve terminar 2012 com o pior resultado desde que as estatísticas começaram a ser publicadas, em 1990. Em setembro foram assinadas 3.247 escrituras de imóveis vendidos e o desempenho ruim só é comparado a janeiro e fevereiro de 2009, quando as vendas atingiram 2.500 imóveis.

Em valores, o mercado também verificou queda de 43,6% nos últimos 12 meses, a 1,481 bilhão de pesos (em torno de US$ 400 milhões). O presidente da Câmara Imobiliária da Argentina, Roberto Arévalo, afirmou que "não há nenhum sinal de recuperação e os números reais são ainda piores que os publicados pelos escrivães". Segundo ele, a maioria das imobiliárias da Capital Federal opera com imóveis usados, onde o retrocesso é de 75%.

Desde que o governo proibiu as operações em dólares e a compra de divisas para guardar como poupança, os donos de imóveis não querem vender suas propriedades. A desvalorização do peso e a elevada inflação repelem os negócios. Os controles cambiais começaram no final de outubro do ano passado, logo após a reeleição de Cristina Kirchner. A partir de março desde ano, as medidas de restrições foram ampliadas até chegar à proibição total das operações em divisas, a partir de junho. Os primeiros registros de queda nas vendas de imóveis começaram em dezembro de 2011 e não pararam mais. Em agosto, o governo deixou de publicar as estatísticas oficiais do setor no Registro de Propriedade Imóvel, dependente do Ministério de Justiça.

cotações recentes

 
Cotações recentes
Símbolo Preço Variação % Var 
Seus tickers vistos mais recentemente aparecerão aqui automaticamente se você digitou um ticker no campo "Inserir símbolo/empresa" na parte inferior deste módulo.
É necessário permitir os cookies do seu navegador para ver as cotações mais recentes.
 
Entre para ver as cotações nos seus portfólios.

Resumo do Mercado

  • Moedas
    Moedas
    NomePreçoVariação% Variação
    3,0955+0,0066+0,21%
    USDBRL=X
    3,2947-0,0014-0,04%
    EURBRL=X
    0,9417+0,0047+0,50%
    USDEUR=X
  • Commodities
    Commodities
    NomePreçoVariação% Variação

Destaques do Mercado

  • Líderes em Volume
    Líderes em Volume
    NomePreçoVariação% Variação
    15,61-0,25-1,58%
    PETR4.SA
    10,16+0,16+1,60%
    ITSA4.SA
    16,76+0,46+2,82%
    LAME4.SA
    32,25+0,40+1,26%
    VALE5.SA
    9,15+0,35+3,98%
    RUMO3.SA
  • Altas %
    Altas %
    NomePreçoVariação% Variação
    3,30+0,52+18,71%
    TXRX4.SA
    3,75+0,49+15,03%
    TPIS3.SA
    4,49+0,52+13,10%
    INEP4.SA
    4,42+0,47+11,90%
    LFFE3.SA
    2,30+0,24+11,65%
    STBP3.SA
  • Baixas %
    Baixas %
    NomePreçoVariação% Variação
    0,35-0,24-40,68%
    PFRM1.SA
    0,55-0,30-35,29%
    SULT3.SA
    5,20-1,05-16,80%
    TOYB3.SA
    2,06-0,32-13,45%
    MYPK11.SA
    3,80-0,58-13,24%
    LFFE4.SA