Mercado fechará em 52 mins
  • BOVESPA

    110.158,94
    -1.764,99 (-1,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.789,13
    -445,24 (-0,87%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,05
    -1,93 (-2,41%)
     
  • OURO

    1.781,80
    -27,80 (-1,54%)
     
  • BTC-USD

    17.068,08
    -39,39 (-0,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    403,26
    -7,96 (-1,94%)
     
  • S&P500

    4.008,28
    -63,42 (-1,56%)
     
  • DOW JONES

    34.024,32
    -405,56 (-1,18%)
     
  • FTSE

    7.567,54
    +11,31 (+0,15%)
     
  • HANG SENG

    19.518,29
    +842,94 (+4,51%)
     
  • NIKKEI

    27.820,40
    +42,50 (+0,15%)
     
  • NASDAQ

    11.827,25
    -183,00 (-1,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5257
    +0,0317 (+0,58%)
     

Mercado eleva projeção para inflação este ano a 5,82%, mostra Focus

SÃO PAULO (Reuters) - Analistas consultados pelo Banco Central elevaram pela terceira semana seguida a expectativa para a inflação neste ano e ajustaram levemente para cima o cenário para a atividade, de acordo com a pesquisa Focus divulgada pelo Banco Central nesta segunda-feira.

O levantamento, que capta a percepção do mercado para indicadores econômicos, apontou que a expectativa para a alta do IPCA em 2022 passou agora a 5,82%, de 5,63% antes. Para 2023 e 2024 não houve mudança nos cálculos, com a inflação calculada respectivamente em 4,94% e 3,50%.

O centro da meta oficial para a inflação em 2022 é de 3,5%, para 2023 é de 3,25% e para 2024 é de 3,00%, sempre com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Para o Produto Interno Bruto (PIB), a estimativa de crescimento este ano foi ajustada para cima em 0,01 ponto percentual, chegando a 2,77%, mas para 2023 seguiu em 0,70%.

A pesquisa semanal com uma centena de economistas mostrou ainda que a taxa básica de juros deverá encerrar este ano nos atuais 13,75% e o próximo a 11,25%, sem alterações.

(Por Camila Moreira)