Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    34.124,93
    -1.660,66 (-4,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Mercado acionário europeu sobe no dia com alta de ações de energia e varejo, mas fecham semana em baixa

·1 minuto de leitura
Bolsa de Frankfurt

Por Shreyashi Sanyal e Sruthi Shankar

(Reuters) - As ações europeias saltaram nesta sexta-feira, lideradas por ganhos nos setores de energia e varejo depois que o Federal Reserve disse que não há nenhum movimento iminente de aperto monetário, aliviando temores sobre o aumento da inflação dos Estados Unidos que deixaram o índice STOXX 600 em território negativo no acumulado da semana.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 1,22%, a 1.704 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 1,19%, a 443 pontos.

As ações de petróleo e gás e varejo lideraram os ganhos.

O índice de referência ainda caiu 0,5% na semana, uma vez que a alta nos preços das commodities e os sinais de aceleração da inflação nos EUA aumentaram os temores sobre um aumento de juros mais cedo do que o esperado pelo Federal Reserve.

No entanto, o sentimento melhorou com as garantias do Fed sobre sua postura de política monetária, dizendo também que não reduzirá imediatamente as drásticas injeções de dinheiro que têm sustentado os mercados financeiros.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,15%, a 7.043,61 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,43%, a 15.416,64 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,54%, a 6.385,14 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,14%, a 24.766,09 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 2,00%, a 9.145,60 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,62%, a 5.195,66 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos