Mercado abrirá em 8 h 13 min
  • BOVESPA

    120.933,78
    -180,15 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.072,62
    -654,36 (-1,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,91
    +0,53 (+0,84%)
     
  • OURO

    1.772,60
    +2,00 (+0,11%)
     
  • BTC-USD

    55.132,14
    -1.997,23 (-3,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.242,99
    -55,96 (-4,31%)
     
  • S&P500

    4.163,26
    -22,21 (-0,53%)
     
  • DOW JONES

    34.077,63
    -123,04 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.000,08
    -19,45 (-0,28%)
     
  • HANG SENG

    29.105,73
    -0,42 (-0,00%)
     
  • NIKKEI

    29.029,82
    -655,55 (-2,21%)
     
  • NASDAQ

    13.916,00
    +18,75 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6891
    +0,0134 (+0,20%)
     

Mercado acionário europeu fecha praticamente estável com novo lockdown ofuscando dados de atividade

Sruthi Shankar e Shreyashi Sanyal
·1 minuto de leitura
Bolsa de Frankfurt

Por Sruthi Shankar e Shreyashi Sanyal

(Reuters) - O mercado acionário europeu fechou praticamente estável nesta quarta-feira, com as preocupações sobre novas medidas de lockdown ofuscando um retorno inesperado da zona do euro ao crescimento econômico em março.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,02%, a 1.630 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,02%, a 423 pontos, depois de chegar a cair 0,7% mais cedo no dia.

As ações da zona do euro também reduziram as perdas depois que o PMI composto preliminar da IHS Markit, visto como um bom guia para a saúde econômica, superou a marca de 50 que separa crescimento de contração, ficando em 52,5 este mês após registrar leitura de 48,8 em fevereiro.

Embora os dados tenham dado algum alívio aos investidores, uma terceira onda de infecções por coronavírus e medidas renovadas de lockdown na Europa, bem como uma distribuição lenta de vacinas, devem pesar na leitura final da pesquisa e nos dados de abril.

"Acreditamos que esta seja uma pausa, não o fim do rali das ações ainda", disse Michele Morganti, estrategista de ações da Generali Insurance Asset Management.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,20%, a 6.712 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,35%, a 14.610 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,03%, a 5.947 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,39%, a 24.208 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,64%, a 8.443 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,68%, a 4.844 pontos.