Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.758,04
    -188,18 (-0,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Menos de 40% das finalizações do Vasco na Série B foram na direção do gol adversário

·2 minuto de leitura


O Vasco teve um início conturbado de Série B e ainda busca se consolidar na competição. Esse começo ainda inconsistente pode ser explicado pelo aproveitamento da equipe nas finalizações. Segundo números do site "Footstas", apenas 38,6% das finalizações do Cruz-Maltino encontraram a direção do gol adversário.

ATUAÇÕES: Cano, Jabá e Marquinhos Gabriel recebem as maiores notas

No total, o Vasco tem uma média de 11.4 finalizações por jogo, mas apenas 4.4 são na direção do gol. Isso evidencia que menos da metade dos arremates tentados pelo time durante uma partida tem chances reais de balançar as redes. Todavia, no confronto do último sábado, contra o CRB, em São Januário, o Cruz-Maltino apresentou um grande salto de qualidade nesse quesito.

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

O técnico Marcelo Cabo promoveu oito alterações para a partida, e a equipe correspondeu. Antes, havia sido contra o Avaí o jogo em que o Vasco mais finalizou na direção do gol (cinco vezes). Contra o time alagoano, contudo, o Gigante da Colina teve dez finalizações, sendo oito na direção da meta adversária, o que evidencia um aproveitamento de 80%.

Em entrevista coletiva após a vitória por 3 a 0 sobre o CRB, o técnico Marcelo Cabo analisou o jogo destacou que a equipe foi preparada para alcançar a "vitória elástica e consistente". O comandante também destacou que o Vasco teve uma mudança de atitude dentro de campo - o que ficou claro com o aproveitamento de 80% nas finalizações.

- Tivemos um início com dois resultados adversos em casa, mas soubemos preparar uma equipe hoje que tivesse essa vitória elástica e consistente. Se o Vasco mantiver essa média de seis pontos a cada três jogos, vai ser bom. É a tônica da competição - analisou o comandante, e acrescentou.

- Essa vitória traz confiança ao grupo. Precisamos ter tranquilidade. Quando a gente perde como quarta, não está tudo errado. Assim como não está tudo certo hoje. Recalculamos a rota. Eu como comandante preciso tomar decisões. A mudança hoje não foi só de peças, foi de atitude. Que agora a gente possa emplacar uma série de vitórias - disse.

O Vasco volta a campo na próxima quinta-feira, às 21h30, contra o Cruzeiro. A partida é válida pela sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e será disputada no Mineirão.

> Veja a tabela da Série B

VEJA AS FINALIZAÇÕES DO VASCO A CADA JOGO

Vasco x Operário
: 14 finalizações // quatro no gol

Ponte Preta x Vasco: oito finalizações // uma no gol

Brasil de Pelotas x Vasco: dez finalizações // quatro no gol

Vasco x Avaí: 15 finalizações // cinco no gol

Vasco x CRB: dez finalizações // oito na direção do gol

*Números do site Footsats

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos