Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.674,38
    -2.087,44 (-5,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Menores de 60 anos vacinados com AstraZeneca na Espanha podem receber 2ª dose da Pfizer

·1 minuto de leitura
Frascos da vacina da AstraZeneca/Oxford contra a covid-19

O governo espanhol decidiu nesta quarta-feira (19) que menores de 60 anos que receberam a primeira dose da AstraZeneca podem receber uma segunda injeção da Pfizer, anunciou a ministra da Saúde, Carolina Darias.

A Espanha decidiu no dia 7 de abril reservar a vacina anticovid da AstraZeneca para maiores de 60 anos, após observar alguns casos de coágulos sanguíneos causando trombos.

Permaneceu no ar a dúvida sobre o que fazer com pessoas dessa faixa etária que receberam o soro AstraZeneca, que requer uma segunda dose para completar a imunização.

O instituto epidemiológico Carlos III e cinco hospitais espanhóis organizaram, portanto, um ensaio clínico sobre a possibilidade de combinar a AstraZeneca com a Pfizer, cuja conclusão foi "uma alta resposta imunológica", segundo a ministra Darias.

Portanto, o imunizante da Pfizer agora pode ser administrado para esse grupo.

Quem rejeitar essa opção pode, no entanto, receber uma segunda dose da AstraZeneca, com base no "consentimento informado" que o comitê espanhol de bioética vai formular em breve, segundo o ministro.

No momento, 15,7 milhões de pessoas receberam pelo menos uma dose, ou seja, um terço da população espanhola, segundo dados do Ministério da Saúde.

A imunização completa foi recebida até agora por 15,7% da população espanhola, mais de 7,4 milhões de pessoas.

As vacinas atualmente administradas na Espanha são as da Pfizer/BioNtech, Moderna, AstraZeneca e Janssen, cujas compras são coordenadas para toda a UE pela Comissão Europeia.

avl/jz/ap/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos