Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.794,28
    -1.268,26 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,65
    +0,04 (+0,06%)
     
  • OURO

    1.752,80
    -3,90 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    47.617,79
    -517,73 (-1,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.209,85
    -23,43 (-1,90%)
     
  • S&P500

    4.473,75
    -6,95 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    34.751,32
    -63,07 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.027,48
    +10,99 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    24.667,85
    -365,36 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    30.323,34
    -188,37 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.505,75
    -12,00 (-0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2012
    +0,0052 (+0,08%)
     

Menino de 12 anos ganha mais de R$ 2 milhões vendendo desenhos como NFT

·2 minuto de leitura

Os NFTs estão em alta e o mercado de criptoativos mais aquecido do que nunca, o que tem feito pessoas comuns se tornarem milionárias da noite para o dia. Normalmente, esses novos ricos são pessoas mais velhas que juntaram dinheiro, tem alguma experiência em economia e investem na esperança de lucro. Mas e se uma dessas pessoas fosse um menino de apenas 12 anos?

Foi exatamente isso que aconteceu nessa história. Benyamin Ahmed é um pré-adolescente que fez uma pequena fortuna vendendo imagens em NFT para entusiastas do mercado. Fascinado por tecnologia e assíduo consumidor de conteúdos sobre blockchain e NFTs, o menino programou seu próprio conjunto de tokens e conseguiu comercializá-lo com muito sucesso.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

As singelas artes pixeladas criadas por Ahmed, inspiradas em Minecraft, se esgotaram em menos de nove horas e devem gerar US$ 400 mil (mais de R$ 2 milhões) em Ethereum. A coleção Weird Whales (Baleias Estranhas, em tradução livre) tem 3.350 NFTs e são representações bem estilo old school do maior mamífero do planeta, cada qual com cores e características únicas. Os cartões não tinham outro propósito que não fosse a mera coleção, mas isso não foi um problema para os compradores.

O jovem criador das "Baleias Estranhas" (Imagem: Benyamin Ahmed/Twitter)
O jovem criador das "Baleias Estranhas" (Imagem: Benyamin Ahmed/Twitter)

O jovem disse ter investido apenas US$ 300 (R$ 1.500) e conseguiu arrecadar 80 ETH (US$ 250 mil) diretamente com as vendas e mais 30 ETH, cerca de US$ 94 mil, com o ganho de royalties sobre o repasse das baleias a outros compradores. Segundo o portal CNBC, o projeto ainda deve render mais dinheiro para o pequeno empreendedor, que não planeja sacar o dinheiro.

“Pretendo manter todo o meu ETH e não convertê-lo em moeda fiduciária. Pode ser uma prova antecipada de que, no futuro, nem todos precisarão de uma conta bancária, mas apenas de um endereço Ethereum e uma carteira virtual”, concluiu o jovem.

Por enquanto, ele não disse se planeja produzir novos NFTs, mas o começo promissor deve abrir as portas para Benyamin Ahmed se tornar uma celebridade no mundo do blockchain.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos