Mercado abrirá em 27 mins
  • BOVESPA

    119.646,40
    -989,99 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.125,71
    -369,70 (-0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,93
    -0,38 (-0,71%)
     
  • OURO

    1.871,40
    +4,90 (+0,26%)
     
  • BTC-USD

    32.429,60
    -1.072,50 (-3,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    643,82
    -56,80 (-8,11%)
     
  • S&P500

    3.851,85
    +52,94 (+1,39%)
     
  • DOW JONES

    31.188,38
    +257,86 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.742,41
    +2,02 (+0,03%)
     
  • HANG SENG

    29.927,76
    -34,71 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.756,86
    +233,60 (+0,82%)
     
  • NASDAQ

    13.350,75
    +56,50 (+0,42%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4219
    +0,0139 (+0,22%)
     

Everson, Sasha... debandada no Santos pode causar impeachment de Peres

Jorge Nicola
·1 minuto de leitura
Pretendido por Sampaoli, Sasha também tenta romper contrato na Justiça (Ivan Storti/Santos)
Pretendido por Sampaoli, Sasha também tenta romper contrato na Justiça (Ivan Storti/Santos)

Restam menos de seis meses para o fim do mandato de José Carlos Peres, mas se depender de membros do Conselho de Gestão, de conselheiros e de sócios, o presidente não chegará até dezembro como principal mandatário do Santos. A campanha pela renúncia de Peres, inclusive, já está entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil.

Os motivos para o impeachment de Peres começam com a contratação de Cueva. Existe a convicção dentro do Conselho Deliberativo de que ocorreu uma rachadinha no pagamento das comissões do peruano. A Gazeta Esportiva revelou a participação de Renato Duprat na contratação do meia.

Para completar, há um pavor em relação à debandada de jogadores via Justiça. O goleiro Everson foi o primeiro a pedir a rescisão do contrato alegando salários e direitos de imagem atrasados. Agora é a vez de Sasha. Os dois são pretendidos por Jorge Sampaoli no Atlético-MG.

Para piorar, existe a impressão de que Soteldo será o próximo.

O Blog apurou que três membros do Comitê de Gestão já se mostraram favoráveis ao impeachment. Agora, a pressão está em Marcelo Teixeira, presidente do Conselho Deliberativo, para que seja aberto um pedido de afastamento de Peres.