Mercado fechado

Melhor chefe do mundo: 5 principais executivos em 2019

A Harvard Business Review trouxe os nomes do ranking anual dos 100 principais executivos com “melhor desempenho”. O estudo não leva em conta apenas aspectos financeiros, mas também as políticas medidas ambientais, sociais e de governança.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

BAIXE O APP DO YAHOO FINANÇAS (ANDROID / iOS)

Esses líderes enfrentam concorrência, clientes exigentes, investidores que pressionam por lucros maiores e cenário político e econômico desfavorável. Mesmo assim, suas empresas mostraram uma capacidade notável de sustentar o crescimento.

Leia também

Os homens predominam a lista, mas a HBR explica que isso não tem a ver com o desempenho entre os gêneros, mas sim pois existe baixa representação feminina entre os CEOs das empresas que fazem parte do S&P 1200.

Para compilar o ranking, a HBR analisou os CEOs da S&P Global 1200, que estavam no cargo há pelo menos dois anos, e calcularam o retorno geral dos acionistas e o aumento da capitalização de mercado durante todo o seu mandato.

Reunimos cinco destes grandes executivos que são considerados os 'melhores' patrões do mundo. Veja quais são:

1. Jensen Huang – NVIDIA

Jensen Huang, CEO da empresa de tecnologia norte-americana NVIDIA, alcançou o primeiro lugar este ano pela primeira vez neste ano, depois de ocupar o segundo lugar em 2018. Ele é co-fundador da NVIDIA, que nasceu em 1993 e tem sede na Califórnia. Originalmente, a companha era voltada para os negócios de chips gráficos para jogos, mas mudou a direção e se voltou para chips AI para veículos autônomos, robôs, aeronaves, drone e dezenas de outras ferramentas de alta tecnologia. A aposta deu certo, e o desempenho financeiro da empresa disparou: suas ações cresceram 14 vezes entre o final de 2015 e o final de 2018.

2. Marc Benioff - Salesforce.com

Marc Benioff, fundador e CEO do Salesforce (Foto: Nicholas Kamm/AFP via Getty Images)

O empresário americano é o presidente e CEO da Salesforce.com, uma empresa americana que desde cedo aposta em computação nas nuvens como a tecnologia do futuro. Ele é conhecido também como “CEO ativista”, defende temas como diversidade sexual, meio ambiente, educação, igualdade feminina no mundo corporativo e distribuição de renda.

3. François-Henri Pinault - Kering

O empresário francês chefia a Kering, um grupo internacional de luxo francês com sede em Paris, proprietária das marcas Gucci, Saint Laurent e Balenciaga. Com a Pinault no comando, a marca de luxo continuou a impulsionar o crescimento de suas marcas. Seus resultados mais recentes mostram um aumento de 27,6% nas receitas do terceiro trimestre, para € 3,4 bilhões.O executivo é apontando ainda como líder em sustentabilidade por se comprometer com metas de redução de emissões de poluentes e financiamento de estudos para o meio-ambiente.

4. Richard Templeton - Texas Instruments

O engenheiro elétrico atua como presidente e CEO da Texas Instruments, uma empresa estado-unidense que desenvolve e produz semicondutores para fabricantes de eletrônicos Sua trajetória na empresa começou em 1996, dirigindo negócios na área de semicondutores. Ele alcançou um cargo executivo em 2004 e em 2008 passou a comandar a companhia. Enquanto executivo, Templeton recebia um salário mensal de $ 9.623.590.

5. Ignacio Galán - Iberdrola

O Presidente e CEO do grupo Iberdrola, Ignacio Galán, está entre os cinco melhores CEOs do mundo de acordo com a edição. O espanhol ingressou na Iberdrola em 2001 e, desde então, a companhia se converteu em líder energética global, na primeira geradora eólica e em uma das maiores empresas elétricas por valor de mercado do mundo.