Mercado fechará em 5 h 32 min

Mel Gibson ficou internado por covid-19 e foi tratado com remédio usado contra o ebola

Mel Gibson . (Photo by Michael Tran/FilmMagic)

Mel Gibson ficou internado em abril por causa da covid-19. A descoberta foi feita pelo jornal The Daily Telegraph, que cobrou um posicionamento da equipe que cuida da carreira do astro de 64 anos antes de publicar uma matéria sobre o novo coronavírus.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Em comunicado, a assessoria do astro informou: "Gibson testou positivo em abril e ficou uma semana no hospital. O tratamento foi com o medicamento Remdesivir e, desde então, fez diversos testes que deram negativo. Além disso, ele testou positivo para anticorpos".

Leia também

Astro de Máquina Mortífera, Mad Max e Coração Valente, não tinha histórico de doenças crônicas. Quanto ao Remdesivir, trata-se de um antiviral usado no tratamento contra a ebola que vem sendo testado contra a covid-19 no Brasil.

Nos Estados Unidos, o medicamento já vem sendo utilizado para pacientes graves da COVID-19 - apesar de não haver comprovação que ele é eficaz. No Brasil, o pedido para a realização de testes partiu da empresa PPD do Brasil Suporte a Pesquisa Clínica Ltda.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.