Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,99
    +0,08 (+0,11%)
     
  • OURO

    1.875,70
    -3,90 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    38.940,73
    +3.412,91 (+9,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    975,73
    +33,92 (+3,60%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    0,00 (0,00%)
     
  • NASDAQ

    14.019,50
    +25,25 (+0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1918
    -0,0008 (-0,01%)
     

Meizu lança relógio inteligente com o poderoso Snapdragon Wear 4100

·2 minuto de leitura

Cinco anos após o lançamento do seu primeiro smartwatch, a chinesa Meizu lançou nesta segunda-feira (31) na China a nova geração do seu relógio inteligente. Simplesmente chamado de Meizu Watch, o dispositivo chega equipado com o poderoso Snapdragon Wear 4100, promessa de até 36 horas de autonomia e display AMOLED retangular.

Desempenho de celular

Principal destaque do Meizu Watch, o processador Snapdragon Wear 4100 é baseado na plataforma para celulares Snapdragon 429. Ele traz quatro núcleos Cortex-A53 rodando a até 1,7 GHz que, segundo a Qualcomm, promete até 85% mais desempenho em relação ao Wear 3100. Além disso, o chip é fabricado em 12 nanômetros (nm), trazendo até 25% menos consumo de energia.

O Meizu Watch trabalha com 1 GB de memória RAM e 8 GB de armazenamento interno, conjunto mais que suficiente para todas as tarefas para relógios. Em conectividade, lançamento traz Wi-Fi na frequência de 2,4 GHz, Bluetooth 4.2, NFC para pagamentos por aproximação e suporte a e-SIM.

O visual do relógio é bastante semelhante ao do Apple Watch: a tela retangular traz 1,78 polegada com tecnologia AMOLED e resolução de 368 por 448 pixels, oferecendo 326 ppi de densidade e brilho máximo de 500 nits. O smartwatch sai de fábrica com o sistema Flyme OS, da própria Meizu.

(Imagem: Divulgação/Meizu)
(Imagem: Divulgação/Meizu)

Assim como todo relógio potente, o Meizu Watch traz monitoramento de dezenas de atividades físicas, como tênis de mesa, corrida, ciclismo e treinamento funcional, mas também traz sensor de oxigenação no sangue, batimentos cardíacos, pressão, qualidade do sono, treinamento de respiração e lembretes de movimentação.

Com relação à bateria, os 420 mAh do smartwatch promete até 36 horas de autonomia com uma única carga. Ainda assim, há suporte para recarga rápida — apenas 15 minutos conectado na tomada garante um dia inteiro de uso.

Preço e disponibilidade

O Meizu Watch começará a ser vendido a partir desta terça-feira (1º) na China. Seu preço sugerido será de 1.499 yuan chineses, cerca de R$ 1,2 mil em conversão direta para a nossa moeda.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: