Mercado fechará em 4 h 22 min

MEI: saiba como cancelar o cadastro de forma simples

·2 min de leitura
Saiba como cancelar o MEI
Saiba como cancelar o MEI
  • Já está disponível a Declaração Anual de Faturamento (DASN) para este ano;

  • Os microempreendedores individuais (MEI) representaram 80% desses novos CNPJs de 2021;

  • O cancelamento do cadastro é realizado no Portal do Empreendedor.

Já está disponível a Declaração Anual de Faturamento (DASN) para este ano. O documento é a forma de prestar contas ao governo a respeito do faturamento de microempreendedores individuais (MEI) durante o ano que passou, uma espécie de imposto de renda da pessoa jurídica MEI.

No primeiro semestre de 2021, o Brasil bateu recorde de abertura de novos negócios: foram mais de 2 milhões. Os microempreendedores individuais (MEI) representaram 80% desses novos CNPJs, de acordo com dados da Serasa Experian.

No caso do MEI que fechou o seu o seu negócio, é possível cancelar, a qualquer momento, o cadastro de forma simples e virtual no Portal do Empreendedor. O cancelamento do CNPJ de um MEI é permanente e não pode ser revertido, mas não impede que no futuro o empreendedor abra outro CNPJ, como MEI ou em outra categoria.

Veja como cancelar o cadastro do MEI passo a passo

Ao acessar o Portal do Empreendedor, o usuário deve escolher a opção “Já sou MEI”, em seguida clicar em “Baixa da empresa”. Ao acessar a próxima página o requerente deve selecionar a opção “Solicitar Baixa”. Para continuar o processo é necessário preencher os campos com CPF e senha de acesso vinculados ao MEI, para em seguida informar o código de acesso do Simples Nacional. Após conferir os dados da empresa, basta clicar em “Declaração de baixa” para enfim selecionar a opção “Continuar”.

O Certificado da Condição do Microempreendedor Individual (CCMEI) de baixa do CNPJ fica disponível logo após a confirmação do cancelamento do MEI.

Após o cancelamento

Depois de cancelar o CNPJ, o requerente deve Acessar o PGMEI (Programa Gerador do DAS para o MEI) pelo site da Receita Federal e pagar os boletos do DAS que ainda estejam em aberto, desde o mês de abertura até o mês de baixa do CNPJ.

Após concluir o passo anterior, basta Acessar a DASN (Declaração Anual do Simples Nacional) na área específica do site da Receita Federal e enviar a Declaração Anual do Simples Nacional de Baixa (Situação Especial);

Vale ressaltar a importância de encerrar a conta bancária vinculada ao nome da empresa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos