Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.591,41
    -172,59 (-0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.435,45
    +140,65 (+0,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    112,23
    +0,47 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.820,70
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    20.295,70
    -430,45 (-2,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    439,57
    -10,49 (-2,33%)
     
  • S&P500

    3.821,55
    -78,56 (-2,01%)
     
  • DOW JONES

    30.946,99
    -491,31 (-1,56%)
     
  • FTSE

    7.323,41
    +65,09 (+0,90%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,47 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    26.813,95
    -235,52 (-0,87%)
     
  • NASDAQ

    11.668,50
    -5,75 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5436
    -0,0005 (-0,01%)
     

Mefisto revela a personagem da Marvel que ele não consegue derrotar

O multiverso das HQs da Marvel está passando por uma situação bem difícil nos quadrinhos. Um grupo de diversas versões do diabão Mefisto, originários de diferentes realidades da editora estão tentando assumir o controle completo da existência. Mas uma vingadora em específico está se mostrando uma verdadeira pedra no sapato desses vilões: Jane Foster.

Em Avengers #56, Jane Foster, agora uma Valquíria de Asgard após anos ter retornado os poderes do martelo Mjölnir para Thor, vê-se em uma ilusão feita por três Mefistos de diferentes universos, em que ela tem uma vida simples com o filho de Odin.

Porém, não demora muito para a heroína descobrir que a situação foi criada e manipulada pelos supervilões, escapando da realidade falsa e, para sua surpresa, encontrando uma variante sua, ainda com os poderes de Thor. Às duas personagens, então decidem se unir para lutar contra o Council of Red (Conselho do Vermelho, em tradução livre. Nome dado ao grupo de centenas de Mefistos que se juntaram para dominar a Marvel).

Jane Foster e sua variante conseguem derrotar os três Mefistos responsáveis pela ilusão. Um dos supervilões, enquanto é derrotado, exclama, aparentando não estar surpreso com a situação, que a importante personagem da mitologia de Thor sempre são dos heróis mais complicados de lidar na Marvel — com ele declarando “eu avisei que não conseguiríamos vencê-la” para seus parceiros.

<em>Os Mefistos reclamam de Jane Foster e da dificuldade de vencê-la. (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)</em>
Os Mefistos reclamam de Jane Foster e da dificuldade de vencê-la. (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

O comentário do Mefisto pode parecer algo só para adicionar mais contexto e aumentar a vitória de Jane, mas, na verdade, é uma grande representação da personagem, que desde sua reformulação no começo dos anos 2010 — saindo de donzela em perigo para uma das versões mais queridas do Thor em meio a uma difícil luta contra câncer, e depois, mesmo perdendo o cargo de Deus do Trovão, virando uma poderosa integrante das Valquírias.

Frases como “é impossível vencer esse herói” são comuns em quadrinhos, mas quando direcionados a Jane Foster, principalmente em um momento em que seu arco como super-heroína começa a ser adaptado para o cinema em Thor: Amor e Trovão, acabam acumulando um peso maior, em que é possível inferir que mesmo personagens que existem há décadas (Jane surgiu em 1962) podem ser renovados e virarem peças importantes do panteão das editoras de HQs — no fim, mudanças e novidades também são coisas interessantes, mesmo em universos de entretenimento bem definidos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos