Mercado abrirá em 5 h 25 min
  • BOVESPA

    113.583,01
    +300,34 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.598,53
    +492,82 (+0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,21
    +0,76 (+1,01%)
     
  • OURO

    1.741,50
    -10,50 (-0,60%)
     
  • BTC-USD

    41.851,79
    -1.990,21 (-4,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.036,11
    -65,41 (-5,94%)
     
  • S&P500

    4.443,11
    -12,37 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.869,37
    +71,37 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.049,11
    -14,29 (-0,20%)
     
  • HANG SENG

    24.560,15
    +351,37 (+1,45%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    15.027,50
    -167,25 (-1,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2839
    -0,0229 (-0,36%)
     

MedTech | As 5 inovações cientificas mais interessantes do mês [08/21]

·3 minuto de leitura

A cada mês, a ciência e a tecnologia nos surpreendem de maneiras diferentes, trazendo inovações para facilitar a vida das pessoas. E neste mês de agosto de 2021, não faltaram novidades científicas. Confira as cinco mais interessantes desse período:

Microsssensores cerebrais

(Imagem: Pete Linforth/Pixabay)
(Imagem: Pete Linforth/Pixabay)

No último dia 12, foi publicado um estudo da Baylor University (EUA), em que os pesquisadores desenvolveram microsssensores sem fio, com o tamanho de um grão de sal, que podem registrar e estimular a atividade cerebral. Esses neurossensores gravam os pulsos elétricos feitos por neurônios disparando e enviado sinais sem fio para um hub central, que coordena e processa os sinais. Na ocasião, os cientistas demonstraram o uso de quase 50 desses microssensores para registrar a atividade neural em um roedor.

Pâncreas artificial

(Imagem: ManuMata/Envato)
(Imagem: ManuMata/Envato)

Em 13 de agosto, noticiamos um estudo da Universidade de Cambridge (Inglaterra) em que os pesquisadores conseguiram adaptar um pâncreas artificial para ajudar um paciente com diabetes tipo 2. Trata-se de um pequeno dispositivo médico portátil projetado para realizar a função de um pâncreas saudável no controle dos níveis de glicose no sangue, usando a tecnologia para automatizar a entrega de insulina. O sistema é usado externamente ao corpo e é composto por três componentes funcionais: um sensor de glicose, um algoritmo de computador para calcular a dose de insulina e uma bomba de insulina.

Minicérebros com mini-olhos

(imagem: Rawpixel)
(imagem: Rawpixel)

Já no dia 18, falamos da aposta de pesquisadores da University Hospital Düsseldorf, na Alemanha: minicérebros constituídos a partir de células-tronco. Trata-se de organoides de origem humana cultivados em placas de laboratório, em que duas pequeninas estruturas ópticas bilateralmente simétricas começaram a se desenvolver, refletindo o crescimento das estruturas dos olhos em embriões humanos. A ideia do experimento é estudar as interações entre o cérebro e os olhos durante o desenvolvimento embrionário.

Robô de insulina

(Imagem: dolgachov/envato)
(Imagem: dolgachov/envato)

Ainda no dia 18, foi publicada uma nova pesquisa sobre um pequeno robô que pode ser implantado no intestino delgado, liberando pílulas magnéticas com insulina. A ideia é facilitar a vida de pacientes que sofrem de diabetes do tipo 1, que atualmente precisam aplicar injeções de insulina em seu próprio braço para manter os níveis de açúcar no sangue controlados. Com esse novo robô, toda vez que o paciente precisar fazer a reposição da substância, ele irá ingerir uma cápsula metálica que será capturada pelo robô graças a um campo magnético.

Batatas com genes humanos

(Imagem: Lars Blankers/Unsplash)
(Imagem: Lars Blankers/Unsplash)

Para fechar com chave de ouro nossa lista de inovações científicas interessantes do mês de agosto, temos as batatas com genes humanos, que foram noticiadas no Canaltech no dia 24. Cientistas da Universidade de Chicago (EUA) inseriram um gene humano relacionado à obesidade e à massa gorda nas plantas para aumentar a safra. E não é que deu certo? A proteína reguladora de gordura fez com que plantas de batata idênticas produzissem safras 50% maiores.

Por enquanto, a pesquisa está em um estágio inicial, mas a equipe já planeja conduzir vários estudos para certificar-se de que essa é uma prática segura.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos