Mercado abrirá em 6 h 10 min

Medicamento que reduz chance de morte por coronavírus também é testado no Brasil

No Brasil, estudo sobre medicamente que reduz risco de morte por coronavírus é feito por grupo de hospitais (Foto: Getty Creative)

O Brasil também está estudando o uso do corticoide dexametasona em pacientes com coronavírus. O medicamento foi testado por pesquisadores da Universidade de Oxford e, após dados preliminares, foi constatada a redução de risco de morte em pacientes em estado grave.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, a Coalizão Brasil Covid está recrutando brasileiros para testarem a droga. O grupo é formado pelos hospitais Sírio Libanês, Albert Einstein, HCor, Oswaldo Cruz, Beneficência Portuguesa e Moinhos de Vento.

O estudo será feito com dois grupos: um de pacientes em estado grave da Covid-19 e outro chamado grupo de controle, no qual os voluntários estão saudáveis. Ao Estadão, um dos médicos participantes da pesquisa revelou que o objetivo é recrutar 350 pessoas.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Segundo estudos feitos na Universidade de Oxford, para pacientes em aparelhos respiradores, o risco de morte cai de 40% para 28%. Os infectados pelo coronavírus que recebem oxigênio tem redução de risco de 25% para 20%. Pacientes com sintomas leves não foram afetados pelo medicamento.

Leia também

O remédio está sendo usado no Reino Unido para pacientes em situação grave. Não há comprovação de eficácia na prevenção da Covid-19 ou para casos leves da doença.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.