Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.980,64
    -54,60 (-0,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

MediaTek Dimensity 9200 ganha data oficial de lançamento

Em teaser divulgado na noite desta segunda (31), a MediaTek confirmou que anunciará o Dimensity 9200, seu próximo chipset premium para smartphones, já na próxima semana. Bastante aguardado diante do sucesso da geração anterior, o processador promete entregar alto desempenho enquanto aprimora a eficiência energética, pontos reforçados por testes vazados recentemente, devendo equipar um número ainda maior de flagships.

Na postagem, feita na rede social Weibo, a MediaTek pergunta maneiras de "definir benchmarks para a próxima geração", citando então pontos que devem ser o foco da nova plataforma, como alta potência e maior eficiência. A empresa também sugere haver foco em games, ao questionar se "a melhor experiência para games e mídia" seria outro dos benchmarks. É então que a gigante confirma a data de anúncio do componente.

O MediaTek Dimensity 9200 — que, vale lembrar, ainda não é o nome oficial do processador, mas sim o especulado — será oficialmente apresentado na próxima terça-feira, 8 de novembro, às 3h30 da manhã no horário de Brasília. Não há informações mais detalhadas sobre o chip, como configurações e recursos embarcados, mas diversos rumores já indicam o que podemos esperar do componente.

MediaTek confirma lançamento de novo chipset para 8 de novembro (Imagem: Weibo)
MediaTek confirma lançamento de novo chipset para 8 de novembro (Imagem: Weibo)

Ao que tudo indica, a plataforma deve ser fabricada pela TSMC, com a mesma litografia de 4 nm da geração anterior. Serão 8 núcleos em uma configuração 1 + 3 + 4, distribuídos da seguinte maneira: 1 Cortex-X3 de máxima performance — núcleo inédito da ARM lançado neste ano — rodando a até 3,05 GHz, 3 Cortex-A710 de alto desempenho operando a até 2,85 GHz e 4 Cortex-A510 de alta eficiência trabalhando a até 2,0 GHz.

Fecha o pacote a GPU ARM Immortalis G715, cujo maior destaque é a adição de hardware dedicado para Ray Tracing, algo até o momento visto apenas no Exynos 2200 da Samsung, desenvolvido em parceira com a AMD.

Dimensity 9200 já foi visto em testes

Às vésperas do lançamento, o Dimensity 9200 já protagonizou múltiplos vazamentos, com destaque para os que mostram o possível desempenho da plataforma em dois benchmarks renomados: o AnTuTu, de performance geral, e o GFXBench, focado em processamento gráfico. Em ambos, o chipset bateu recordes e superou concorrentes de peso, incluindo o A16 Bionic da Apple, tido até então como o chip mais potente para smartphones.

No caso do AnTuTu, a solução atingiu 1,26 milhão de pontos, a maior pontuação já registrada pelo teste, sendo um resultado 26% maior que o atingido pelo Dimensity 9000. Os números são ainda mais impressionantes no GFXBench, em que a GPU Immortalis G715 MC11 (supostamente de 11 núcleos) marca 328 FPS no Manhattan ES 3.0 em 1080P, e 228 FPS no Manhattan ES 3.1, também em 1080P. Em comparação, o A16 Bionic chega a apenas 243 FPS e 190 FPS, respectivamente, o que dá vantagens de 35% e 20% ao rival da MediaTek.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: