Mercado fechado

MediaTek amplia linha de processadores intermediários para games com o Helio G80

Felipe Ribeiro

Percebendo uma lacuna em sua linha de chipsets gamers para smartphones, a MediaTek anunciou nesta segunda-feira (3) o lançamento do Helio G80, que chega para ser uma alternativa entre os G70 e G90, respectivamente os SoCs de entrada e topo de linha da marca. A chegada do novo chip acontece apenas um mês depois do nascimento do G70.

Para situar melhor o leitor, façamos uma comparação com os chips da Qualcomm: o G80 seria um equivalente ao Snapdragon 710, com alcance intermediário, mas bem interessante. Isso significa que, dentro da linha da MediaTek, ele está posicionado mais próximo ao G70 do que da série G90. Suas especificações apresentam dois núcleos ARM Cortex-A75 com clock de 2GHz e mais seis núcleos Cortex-A55 com clock de 1.8GHz. Para desempenho gráfico, o Helio G80 conta com GPU Mali-G52, da ARM, e clock de 950MHz.

Além disso, o novo componente oferece suporte para até 8 GB de RAM LPDDR4 e telas com resolução de até 2.520 x 1.080 pixels, ideal para a maioria dos dispositivos de jogos mais modestos. Ele também inclui para até duas câmeras — uma configuração dupla de 16 megapixels ou um sensor único de 48 megapixels. Fora isso, o novo chipset será capaz de reproduzir vídeos em resolução 2K@30 FPS ou 1080p@60 FPS.

O MediaTek G80 também está equipado com a tecnologia proprietária HyperEngine, que, segundo a fabricante, melhora o desempenho geral dos jogos. A explicação, de acordo com a marca, é que o gerenciamento de recursos no Helio G80 é capaz de manejar dinamicamente CPU, GPU e memória simultaneamente.

Apesar de o Helio G80 não incluir uma APU dedicada, a MediaTek alega que o componente oferecerá suporte a recursos como reconhecimento de objetos no Google Lens, Smart Photo Albums, reconhecimento facial, detecção de cena e segmentação com remoção de fundo, além de efeitos Bokeh.

Os aparelhos que usarão o G80 devem ser revelados em breve.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: