Mercado abrirá em 2 h 36 min
  • BOVESPA

    113.707,76
    +195,38 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.734,04
    -67,64 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,17
    +1,06 (+1,20%)
     
  • OURO

    1.784,00
    +7,30 (+0,41%)
     
  • BTC-USD

    23.511,37
    -249,25 (-1,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    559,03
    -13,78 (-2,41%)
     
  • S&P500

    4.274,04
    -31,16 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    33.980,32
    -171,69 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.522,12
    +6,37 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.515,50
    +22,25 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2563
    -0,0029 (-0,06%)
     

Media Player do Windows 11 pode reviver uma função clássica e esquecida

O Media Player do Windows 11 voltou a conseguir copiar arquivos direto de um CD. A atualização Build 25158 traz de volta ao sistema operacional a capacidade de “ripar” faixas em MP3, AAC, FLAC ou ALAC de discos inseridos no computador.

Décadas atrás, poder copiar o conteúdo de CDs era uma das funcionalidades mais importantes de um computador — principalmente para quem gostava de música. A função permitia colocar toda a biblioteca de faixas no PC, facilitando o acesso posterior e poupando o usuário de precisar trocar de disco toda vez que quisesse ouvir um álbum diferente.

O novo Media Player do Windows 11 testa função que permite copiar músicas de CDs para o computador (Imagem: Reprodução/Microsoft)
O novo Media Player do Windows 11 testa função que permite copiar músicas de CDs para o computador (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Copiar CDs nesta versão experimental do Windows 11 é bem fácil, na verdade: dentro do Media Player, já com um disco inserido no computador, acesse os arquivos da mídia pelo app e selecione o botão “Rip CD”. Deste ponto, você deve selecionar o formato em que quer armazenar os arquivos, selecionar a Bit rate e clicar em “Salvar”.

Pode ser problemático

Apesar de ser um recurso relativamente simples, suas implicações são delicadas. A redistribuição de conteúdo protegido por direitos autorais é crime e, de certa forma, poder “ripar” CDs com tanta facilidade pode favorecer a pirataria — o que certamente incomodará distribuidoras, artistas e plataformas de streaming.

Dito isto, não se sabe se a função terá limitações, nem mesmo se ela será disponibilizada para o público geral. Fato é que, com esse recurso incluído nativamente, dá quase para sentir que os anos 2000 estão de volta.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos