Mercado abrirá em 5 h 11 min
  • BOVESPA

    113.707,76
    +195,38 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.734,04
    -67,64 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,78
    -0,33 (-0,37%)
     
  • OURO

    1.775,50
    -1,20 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    23.427,52
    -478,70 (-2,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    557,15
    -15,67 (-2,74%)
     
  • S&P500

    4.274,04
    -31,16 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    33.980,32
    -171,69 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.501,84
    -13,91 (-0,19%)
     
  • HANG SENG

    19.718,11
    -204,34 (-1,03%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.450,25
    -43,00 (-0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2473
    -0,0119 (-0,23%)
     

MDC fecha contrato de gás com estatal boliviana YPFB no mercado livre

Indústria em Cubatão, no Estado de São Paulo, atendida pelo gás natural da Bolívia

SÃO PAULO (Reuters) - A MDC, empresa brasileira de gás natural e energia, anunciou nesta terça-feira que sua subsidiária CDGN fechou um acordo com a YPFB que prevê o fornecimento pela estatal boliviana de até 4 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural.

Segundo comunicado, o contrato assinado é na modalidade interruptível, que envolve compromissos de fornecimento mais flexíveis, dependendo de disponibilidade do produto e acordo prévio entre as partes.

Com o acordo, que tem duração até o final de 2023, a MDC ampliará sua atuação no mercado de gás, acrescentando um novo modal de comercialização às suas operações.

A CDGN, que é líder de transporte e comercialização de gás natural comprimido no Brasil, atenderá prioritariamente clientes das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, que recebem gás através da Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil (TBG).

Em nota separada, a petroleira boliviana disse que o mercado brasileiro está aberto ao gás boliviano.

"Com este tipo de contrato procuramos acomodar o nosso gás natural no melhor mercado e ao melhor preço possível, aproveitando as oportunidades de mercado. As condições econômicas e comerciais do contrato são oportunas e benéficas para o país", disse o presidente da YPFB, Armin Dorgathen Tapia.

(Por Letícia Fucuchima)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos