Mercado abrirá em 55 mins
  • BOVESPA

    114.177,55
    -92,52 (-0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    55.164,01
    +292,65 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,05
    +1,04 (+1,28%)
     
  • OURO

    1.928,50
    -1,50 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    22.949,42
    +4,41 (+0,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    519,96
    -7,23 (-1,37%)
     
  • S&P500

    4.060,43
    +44,21 (+1,10%)
     
  • DOW JONES

    33.949,41
    +205,57 (+0,61%)
     
  • FTSE

    7.771,58
    +10,47 (+0,13%)
     
  • HANG SENG

    22.688,90
    +122,12 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    27.382,56
    +19,81 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.048,25
    -58,50 (-0,48%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5222
    +0,0025 (+0,05%)
     

McDonald’s da Rússia bate recorde e vende 120 mil lanches na inauguração

Fotos mostram restaurantes McDonald’s lotados (REUTERS/Evgenia Novozhenina)
Fotos mostram dos restaurantes McDonald’s lotados

(REUTERS/Evgenia Novozhenina)

  • McDonald's da Rússia bate recorde ao vender mais de 120 mil hambúrgueres na inauguração;

  • Novo nome da rede de fast-food é Vkusno & Tochka;

  • Expectativa é de que o país aumente de 850 para 1000 lojas.

O novo McDonald’s da Rússia - rebatizado com o nome "Vkusno & Tochka" ("saboroso e pronto") – reabriu no dia 12 de junho e com grande sucesso: somente no dia da inauguração, foram vendidos mais de 120 mil hambúrgueres, um recorde para a rede.

"Nunca vimos esse volume de negócios diário em todo o tempo em que o McDonald's trabalhou na Rússia", disse Oleg Paroev, ex-CEO do McDonald’s russo, à Reuters.

Na data da abertura, 15 lojas voltaram com as operações. No dia seguinte, foi a vez de outras 35. A expectativa é de que a Vkusno & Tochka alcance mil lojas em toda a Rússia nos próximos quatro ou cinco anos, superando a marca de 850 atingida pelo antigo McDonald’s.

"Agora são 840 restaurantes prontos para recomeçar. Mais sete estabelecimentos foram registrados, mas não colocados em operação na região de Moscou, e alguns mais distantes, na Rússia central. Cerca de mais 20 restaurantes podem ser comissionados até o final de 2022. Meu plano global é aumentar a rede para 1.000 restaurantes no país nos próximos anos", afirmou Alexander Govor, dono da Sistema PBO, que administra a rede, à Forbes da Rússia.

Debandada do McDonald’s

A gigante de fast-food oficializou sua retirada em definitivo da Rússia no dia 16 de maio, após 30 anos de atividade local. A decisão foi tomada em decorrência da “crise humanitária causada pela guerra na Ucrânia”, disse em comunicado.

De acordo com a empresa, o conflito e “o ambiente operacional imprevisível precipitado levaram o McDonald’s a concluir que a propriedade contínua do negócio na Rússia não é mais sustentável, nem consistente com os valores da marca”.

No dia 9 de junho, a Vkusno & tochka – que ainda não tinha seu nome definido – divulgou o novo logo da empresa, um círculo laranja – que remete a um hamburguer - e duas batatas fritas amarelas estilizadas.

Apesar de todas as mudanças, os funcionários antigos e o cardápio original permanecem, com exceção dos refrigerantes, substituídos por marcas locais.