Mercado fechará em 4 h 9 min

I May Destroy You | 6 motivos para largar tudo e assistir à nova série da HBO

Natalie Rosa

A HBO já é conhecida por criar séries com temáticas fortes, que podem abordar desde a ficção científica até os desafios comuns do dia a dia. Um dos lançamentos mais recentes da companhia é a série I May Destroy You, que ao mesmo tempo em que fala sobre assuntos intensos, nos apresenta a histórias intimistas que nos fazem sentir próximos dos personagens.

A série é britânica e acompanha a vida da escritora Arabella, interpretada por Michaela Coel, conhecida pela série Chewing Gum. Enquanto escreve o seu mais novo livro, ela recebe o convite de amigos para curtir a noite de Londres, mas o que era para ser uma saída tranquila, acaba criando um pesadelo na sua vida.

Ao acordar no dia seguinte, sem se lembrar de nada, ela descobre que sofreu violência sexual e começa uma jornada para entender o que aconteceu. A temática é, de fato, pesada e pode ser um grande gatilho para muitas pessoas, mas a trama vem merecendo toda a atenção que está recebendo por vários motivos.

Se você ainda não deu play em I May Destroy You, o Canaltech selecionou seis motivos para que isso mude o quanto antes!

Imagem: Divulgação/HBO

6. Tem Michaela Coel

Michaela Coel, que interpreta a protagonista Arabella, é repleta de talentos. Além de atriz, ela também é roteirista, poeta, cantora, compositora e dramaturga. Chewing Gum, por exemplo, não só foi uma criação sua como ela também roteirizou e atuou como a grande protagonista.

Em I May Destroy You, a atriz consegue existir dentro da personagem de uma forma única, transmitindo perfeitamente o sentimento de que ela realmente é Arabella e está enfrentando toda essa situação, baseada no que pode acontecer na vida real. Sem grandes performances, crises de choro e coisas quebradas. A demonstração da tortura interna é vista com simplicidade de maneira intensa e peculiar.

A atriz também já participou de dois episódios de Black Mirror, dos filmes Star Wars: Os Últimos JediBeen So Long, entre outras produções.

5. A trama conscientiza

A série fala sobre estupro e abuso físico e mental, entre outras coisas que envolvem o antes e o depois desses crimes. Arabella foi drogada e violentada, e enquanto seus amigos fazem de tudo para ajudar, outras pessoas apenas questionaram o motivo de ela não prestar atenção no que bebia, por exemplo, mostrando como não é fácil lidar com essas situações.

I May Destroy You também foca em conscientizar quem está assistindo sobre o que é um estupro ou não, apresentando uma situação na prática logo após o crime principal da série, tratando ainda da questão de homens gays que também podem passar pelo mesmo. A forma na qual o problema é tratado pelas autoridades é colocado em pauta também.

Imagem: Divulgação/HBO

4. Tem suspense e mistério

I May Destroy You não é apenas uma série que fala sobre um problema comum e suas aplicações no dia a dia, como também transforma a premissa central em um grande suspense cheio de mistérios. A narrativa não é completamente linear, mostrando questões do passado misturadas ao presente que trazem informações que podem ser úteis para descobrir o que aconteceu naquela noite, o que é mostrado apenas em flashbacks.

Conforme as peças vão sendo encaixadas, assim como os flashbacks, mais as possibilidades vão surgindo, instigando quem está assistindo a tentar descobrir o que aconteceu com ela. .

3. Fala sobre representatividade

A representação da comunidade negra ganha evidência em I May Destroy You, mas vinda da Inglaterra, onde há uma forte comunidade de africanos. A trama não foca só no sofrimento de Arabella, como mulher, negra e com ascendência africana, como também como os crimes sexuais são manifestados nas mulheres negras da sociedade.

Na produção, conhecemos também um pouco sobre a cultura do local, inclusive de homens gays, como são seus estilos de vida e a sobrevivência neste continente. Tudo é retratado de maneira delicada, ao mesmo tempo em que é informativa.

Imagem: Divulgação/HBO

2. Mostra a importância da amizade

Só quem já passou por um momento extremamente traumatizante na vida entende a importância de ter boas pessoas ao lado. Em I May Destroy You, Arabella não está sozinha e conta com uma dupla de amigos que a compreendem sem que ela precise dizer uma palavra.

Eles, inclusive, foram as peças essenciais para a recuperação desse trauma, desde o momento da denúncia na delegacia. Juntos, eles protagonizam também os momentos mais leves da série, afinal amizade e companheirismo também existem para os bons momentos.

1. A vida da Europa

Para quem está acostumado às produções norte-americanas, já pode começar a descobrir ainda mais o universo das séries britânicas. A série tem como cenário a cidade de Londres, apresentando um pouco para este lado do mapa como são os passeios por lá, o que tem para fazer, seja em parques ou na noite, e um pouco da cultura.

Quem assiste legendado vai poder conferir diferentes sotaques de um mesmo idioma, vindos de um país que recebe imigrantes de diversos lugares do mundo. Nada como assistir a uma boa série, com um ótimo roteiro e divertida, e também adquirir mais conhecimento.

I May Destroy You está disponível no HBO GO.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: