Mercado fechará em 3 h 36 min
  • BOVESPA

    112.888,36
    +124,10 (+0,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.782,96
    -70,41 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,67
    -3,42 (-3,71%)
     
  • OURO

    1.795,00
    -20,50 (-1,13%)
     
  • BTC-USD

    24.229,70
    -313,63 (-1,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    576,28
    -14,49 (-2,45%)
     
  • S&P500

    4.289,26
    +9,11 (+0,21%)
     
  • DOW JONES

    33.879,51
    +118,46 (+0,35%)
     
  • FTSE

    7.509,15
    +8,26 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.040,86
    -134,76 (-0,67%)
     
  • NIKKEI

    28.871,78
    +324,80 (+1,14%)
     
  • NASDAQ

    13.653,75
    +76,00 (+0,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1750
    -0,0285 (-0,55%)
     

Matt Damon foi o principal responsável por Ben Affleck desistir de ser o Batman

·2 min de leitura

Ben Affleck já anunciou que The Flash vai ser o último filme que ele viverá o Batman, marcando a sua despedida do personagem depois de uma passagem bastante conturbada. E foi Matt Damon um dos responsáveis por fazê-lo aposentar o uniforme e não voltar mais para o papel.

Em entrevista ao Entertainment Weekly, Affleck explicou que foi seu amigo de infância quem o ajudou a tomar a decisão final de não viver mais o Homem-Morcego nos cinemas. Segundo ele, o herói marcou um dos piores momentos de sua vida e que foi a influência de Damon que o ajudou a superar a crise, renovar seu amor pelo cinema e a abandonar o papel.

Todos os memes do Batman triste da época eram reais (Imagem: Divulgação/Warner Bros.)
Todos os memes do Batman triste da época eram reais (Imagem: Divulgação/Warner Bros.)

O ator conta que teve uma das piores experiências da sua vida na época das filmagens de Liga da Justiça e que os problemas com o filme foram apenas uma das razões para isso. “Sem culpar ninguém, mas tinha muita coisa acontecendo e eu não estava feliz. Eu não gostava de estar lá e não achava interessante”, revela. “Foi então que algumas coisas realmente ruins aconteceram. Foi quando eu pensei que eu não iria mais fazer aquilo”.

Affleck não entra em detalhes sobre o que foram essas coisas ruins a que se refere, mas o período de filmagens de Liga da Justiça foi realmente bastante turbulento dentro e fora dos sets de gravação. Além da morte da filha do diretor Zack Snyder e da consequente saída do cineasta, houve toda a polêmica de assédio moral por parte de Joss Whedon com o elenco e o próprio Ben Affleck estava se divorciando de sua esposa Jennifer Garner, algo que ele nunca escondeu como sendo algo doloroso.

Assim, diante desse período complicado, Affleck conta que decidiu fazer apenas coisas que o deixassem feliz — e foi quando ele e Matt Damon foram trabalhar juntos em O Último Duelo, filme no qual ele diz ter se divertido a cada dia de gravação. “Eu não era o protagonista e nem era amável. Eu era o vilão. Eu não era nada das coisas que eu pensava que deveria ser e ainda assim foi uma experiência maravilhosa”. Diante disso, o ator lembra que contou isso tudo para Damon, que o incentivou a abandonar o Batman de vez e seguir com outros projetos.

Essa não é a primeira vez que Affleck reclama das gravações de Liga da Justiça. Em outubro, ele classificou as filmagens do longa como difícil e disse que estava feliz em participar de The Flash para mostrar um pouco mais do seu Batman.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos