Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.531,26
    -173,06 (-0,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Matrix Resurrections | Teoria sugere que novo Morpheus é um agente das máquinas

·3 min de leitura

Apesar de o primeiro trailer de The Matrix Resurrections ter trazido diversos elementos da história do novo filme, ele também deixou algumas lacunas que seguem tirando o sono dos fãs e abrindo margem para o surgimento de diversas teorias. A principal delas é sobre o suposto novo Morpheus, vivido pelo ator Yahya Abdul-Mateen II. E a hipótese mais recente que passou a ser especulada é que o personagem não será um dos heróis, como na trilogia original, mas uma ferramenta dos vilões. Isso porque, de acordo com a teoria, esse jovem Morpheus nem mesmo é real.

De acordo com o que alguns fãs acreditam, o personagem deve aparecer em Matrix 4 como um simulacro criado pelas máquinas para manter o Escolhido (Keanu Reeves) preso dentro da realidade artificial criada por elas. Assim, enquanto o Morpheus original foi o elemento que despertou Neo para o mundo fora da Matrix, o novo seria usado em um sentido totalmente oposto.

Segundo teoria, novo Morpheus vai mimetizar o original para manter Neo dentro da Matrix (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)
Segundo teoria, novo Morpheus vai mimetizar o original para manter Neo dentro da Matrix (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

E há alguns indícios que fundamentam essa teoria. A primeira delas é a própria troca no elenco. Do trio original, apenas o ator que interpreta Morpheus foi substituído e tanto Keanu Reeves quanto Carrie-Anne Moss voltam para viver Neo e Trinity. E por mais que uma das explicações possíveis seja a do caráter cíclico da Matrix, também há espaço para supor que essa troca está relacionada à nova função do personagem.

Assim, o fato de Laurence Fishburne não ter sido escalado foi algo pensado desde a construção do roteiro do longa e não fruto de uma disputa entre o ator e a diretora Lana Wachowski. Em entrevistas recentes, Fishburne disse que nem sequer foi chamado para Matrix Resurrections e que, quem quisesse entender o porquê ele ter ficado de fora da sequência, era para questionar a cineasta.

E se a resposta está na trama, existe a possibilidade de a troca ser explicada como uma espécie de medida de segurança das máquinas para manter o Escolhido sob controle. Como a trilogia original apresentou, Neo reiniciou a Matrix e o que veríamos no novo filme seria uma solução encontrada pela inteligência artificial que rege esse mundo de manter o protagonista isolado, ou seja, sem interferir no rumo da programação.

Teoria se baseia também no porquê Laurence Fishburne nem sequer foi chamado para Matrix 4 (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)
Teoria se baseia também no porquê Laurence Fishburne nem sequer foi chamado para Matrix 4 (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

Essa é uma temática que o próprio trailer sugere. Como muita gente percebeu, o analista de Neo, interpretado por Neil Patrick Harris, também desempenha essa função de manter o herói sob controle, oferecendo-lhe pílulas azuis que o mantém alheio à realidade fora da Matrix.

E o que essa nova teoria sugere é que o jovem Morpheus é apenas mais uma parte dessa grande armação feita pelas máquinas, uma vez que se apoiaria na figura de confiança que o personagem e o público conhecem para garantir que as coisas fiquem dentro do planejado. Dessa forma, ao invés de fazer com que Neo despertasse para fora da Matrix, iria fazer de tudo para mantê-lo lá dentro.

A teoria ganha força quando a gente pensa que, após ter sido reiniciada, faria sentido a Matrix ter a sua segurança aprimorada pelas máquinas. E se Neo é o grande responsável pela desordem que foge à programação estabelecida, a estratégia de isolá-lo é completamente lógica. Tanto que Morpheus não é a única aposta dos fãs para ser essa artimanha das máquinas e há quem acredite até mesmo que Trinity possa ser usada para neutralizar Neo e seus poderes.

De qualquer forma, tudo isso faz sentido de uma forma ou de outra, o que significa que vamos ter que esperar até a estreia de The Matrix Resurrections para saber exatamente o que está por vir. O filme chega aos cinemas brasileiros em 22 de dezembro, o que significa que não vamos precisar aguardar muito para descobrir quem — se é que há — o impostor nisso tudo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos