Mercado fechado

Matrix 4 | Como filme mostrará Neo e Trinity juntos depois de Revolutions?

Beatriz Vaccari

Em agosto de 2019, o presidente da Warner Bros Pictures, Toby Emmerich, afirmou à Variety que The Matrix entraria para a roda dos revivals hollywoodianos e ganharia um quarto capítulo. À revista norte-americana, ele também confirmou que a história não seria nenhum reboot ou spin-off, e sim uma sequência direta com o elenco original, com Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss retornando aos papéis de Neo Anderson e Trinity.

Além do elenco original, Lana Wachowski retorna para dirigir e assinar o roteiro da nova produção. Sua irmã, Lilly Wachowski, que também dirigiu e escreveu os três primeiros filmes, não foi citada no projeto, nem Laurence Fishburne, o eterno Morpheus. O ator Hugo Weaving, que vivia o vilão Agente Smith, tentou conciliar as datas das filmagens com outros projetos, mas não conseguiu, ficando de fora do elenco do novo longa.

Até o início da pandemia causada pelo novo coronavírus, as gravações de The Matrix 4 já tinham sido iniciadas e, apesar de nem o nome oficial nem a trama terem sido revelados, algumas imagens dos sets de gravação em São Francisco, na Califórnia, mostraram os personagens de Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss juntos. Isso chamou a atenção dos fãs, principalmente se considerarmos tudo o que aconteceu com ambos em The Matrix: Revolutions.

Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss no set em São Francisco (Imagem: Reprodução/Collider)

A partir daqui, o texto contém spoilers. Leia por sua conta e risco.

Quem assistiu aos três filmes, sabe que Trinity (Carrie-Anne Moss) morre duas vezes na história. Em The Matrix: Reloaded, Neo sonha com a morte de sua amada desde o início do filme, mas, ao final, consegue ressuscitá-la enquanto os dois estão na Matrix. Já em Revolutions, a personagem acaba fatalmente ferida com a má aterrissagem da nave Logos na Cidade das Máquinas e Neo não consegue salvá-la.

Após ter nada a perder (considerando a morte de Trinity), Neo se oferece ao Deus Ex-Machina para entrar na Matrix e destruir o plano do Agente Smith. A batalha, a princípio, dá toda a vantagem para o inimigo, até que Neo permite-se infectar e tornar-se um clone de Smith para, assim, se sacrificar.

O final do filme deixa implícita a morte de Neo, cuja última cena da trilogia mostra ele desacordado na cidade das máquinas, enquanto Zion festeja não só o final da guerra como também a vitória dos humanos.

Com Neo e Trinity mortos, como será a história de Matrix 4?

Enquanto The Matrix 4 não chega, teorias não param de pipocar na internet com o objetivo de tentar adivinhar como ele ressuscitará ambos personagens. Então, para tentar entender, vamos começar com uma análise da cena final de toda a trilogia. Mostrando o encontro entre o Arquiteto e o Oráculo, após o fim da guerra e a Matrix ser totalmente reinicializada.

Há muita coisa importante a se apontar nessa cena. Uma delas é o questionamento que o Arquiteto faz: "até quando você acha que essa paz irá durar?", e o Oráculo, por sua vez, prevê: "o quanto ela conseguir". Então, Sati, uma criação feita sob segredo das máquinas, pergunta: "será que algum dia o veremos de novo?" referindo-se a Neo. O Oráculo finalmente responde: "eu suspeito que sim, um dia".

Ambos diálogos podem ter aberto a possibilidade que, no futuro, o Escolhido pode ser necessário de novo, já que, ao que tudo indica, a paz causada pelo fim da guerra seja finita.

Algumas teorias conspiram que Neo tenha voltado possivelmente para ser mentor de algum novo Escolhido, assim como Morpheus foi para ele. Isso inclusive justifica o breve rumor de Michael B. Jordan como um novo protagonista da sequência, que foi desmentido logo depois.

Outra teoria conta que o Oráculo teria ressuscitado Trinity e Neo para essa nova guerra. Mas como explicar os 20 anos que Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss envelheceram desde o fim da franquia? De qualquer forma, essa teoria foi brevemente descartada após as imagens do ator surgirem na internet gravando o filme. Nos vídeos, Keanu aparece de barba e com o cabelo mais comprido, um visual bem semelhante ao de seu personagem na franquia John Wick.


Vale apontar também a mudança de figurino de Neo, uma vez que a trilogia The Matrix foi marcante também pelo estilo cyberpunk dos personagens.

Apesar de toda essa boataria, a teoria que parece fazer mais faz sentido é a que se apoia em uma cena de The Matrix: Reloaded, em que Neo conversa pela primeira vez com o Arquiteto.

No diálogo, o Arquiteto revela a Neo que ele é "a eventualidade de uma anomalia", ou seja, o Neo que conhecemos não é a primeira versão, mas sim a sexta (isso fica bem claro quando vemos a quantidade de telas e a variedade do mesmo personagem mostrada na cena). Ou seja, uma vez que o Arquiteto controla tudo o que acontece na Matrix, não seria impossível criar mais uma versão do Neo, uma vez que ele é apenas um clone geneticamente modificado e sem memória de suas versões anteriores.

Mesmo com a Matrix sendo reiniciada no fim de The Matrix: Revolutions, criar um novo Neo Anderson não é nenhum desafio para as máquinas. Elas têm acesso ao seu código genético, o que leva a entender que criar uma nova versão de Trinity, também não seja um problema.

Com isso, podemos acreditar que, com a memória totalmente nova, Neo e Trinity não terão consciência da guerra e de sua importância nos três filmes anteriores. Além disso, ambos personagens seriam criados diretamente dentro da Matrix e não "naturalmente", o que abre um leque gigante de possibilidades para o enredo da sequência: a Resistência terá de carregar as memórias do cérebro antigo de Neo em seu novo corpo para ele lembrar que foi o Escolhido e o grande salvador de Zion durante a guerra?

Essa teoria também se sustenta no fato de que as filmagens do novo filme estejam sendo feitas em São Francisco e, como citado anteriormente, o visual dos personagens é mais mundano ao visual cyberpunk que estamos acostumados a ver nos outros filmes.

The Matrix 4 dará margem para uma série de ocasiões envolvendo ciência, futurismo, inteligência artificial, morte e até vida eterna. Ambicioso, exatamente como a franquia nos acostumou, coisa que até Keanu Reeves comentou ao ler o roteiro.

Como já dissemos, as gravações de The Matrix 4 já foram iniciadas, porém estão paralisadas devido à pandemia do novo coronavírus e devem retomar apenas em julho, afetando diretamente na data de lançamento nos cinemas.

Enquanto ele não chega, aproveite para maratonar a trilogia! O primeiro capítulo The Matrix está disponível no serviço de streaming do Telecine, enquanto a continuação The Matrix: Reloaded pode ser alugada no Google Play ou no iTunes. Por fim, The Matrix: Revolutions está disponível no catálogo do HBO GO.

Fonte: Canaltech