Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.672,76
    -3.755,42 (-3,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.402,73
    -283,30 (-0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,01
    +0,57 (+0,69%)
     
  • OURO

    1.769,40
    +3,70 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    63.830,68
    +2.418,08 (+3,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.481,22
    +17,87 (+1,22%)
     
  • S&P500

    4.519,63
    +33,17 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    35.457,31
    +198,70 (+0,56%)
     
  • FTSE

    7.217,53
    +13,70 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.410,75
    +120,25 (+0,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4957
    +0,1042 (+1,63%)
     

Mato Grosso do Sul e São Paulo vacinaram mais de 50% da população contra covid

·3 minuto de leitura

Após o início da vacinação nacional contra o coronavírus SARS-CoV-2 em janeiro deste ano, o Brasil registra os primeiros estados que vacinaram, de forma completa — duas doses ou imunizante de dose única —, mais de 50% da sua população. No domingo (19), o mais novo estado a alcançar essa porcentagem foi São Paulo. Na última quinta-feira (16), Mato Grosso do Sul ultrapassou a marca contra a covid-19.

De acordo com os dados coletados pelo Consórcio de Veículos de Imprensa, Mato Grosso do Sul já vacinou de forma completa 52,5% da população e 66,43% recebeu pelo menos uma dose. Já em São Paulo, 50,37% da população está totalmente vacinada contra a covid-19 e 80,94% iniciou o esquema vacinal.

Em postagem nas redes sociais em que comemora o marco, o governo de São Paulo lembra a importância das pessoas que já receberam uma dose da vacina contra a covid-19 em retornarem ao posto de vacinação para completar o esquema vacinal. "Se você já tomou a primeira dose, não deixe de retornar para completar o esquema vacinal", afirmou.

Vale observar que ambos os estados estão bastante acima da média nacional, que está em 37,95%. Agora, é possível que o próximo estado a ultrapassar a porcentagem de 50% da população imunizada seja o Rio Grande do Sul. Na última atualização, a região contava com 43,87% de imunizados.

Para alcançar esses indicadores de imunização, os estados brasileiros adotam quatro vacinas contra a covid-19: a Covishield (AstraZeneca/Oxford/Fiocruz); a CoronaVac (Sinovac/Butatan); a ComiRNAty (Pfizer/BioNTech); e a fórmula da Janssen (Johnson & Johnson).

Até quanto será necessário usar máscara?

Máscaras ainda são necessárias, mesmo com o avanço da vacinação (Imagem: Reprodução/Twenty20photos/Envato Elements)
Máscaras ainda são necessárias, mesmo com o avanço da vacinação (Imagem: Reprodução/Twenty20photos/Envato Elements)

Os indicativos de vacinação contra a covid-19 são bastante positivos em todo o país, no entanto, ainda há uma circulação significativa do agente infeccioso pelo país. Dessa forma, medidas de prevenção devem ser respeitadas por todos, incluindo os que receberam as duas doses ou o imunizante de dose única. Isso significa que evitar aglomerações, manter o distanciamento social, adotar o uso de máscaras e de álcool em gel são práticas fundamentais para manter a saúde. Estas medidas devem prevalecer por um período ainda.

Por outro lado, já foi verificado que as vacinas, quando aplicadas de forma massiva, podem representar a queda no número de hospitalizações e controle da doença. O estudo do Instituto Butantan, em Serrana, no interior de São Paulo, apontou para a necessidade de se imunizar pelo menos 75% da população para cortar a transmissão do coronavírus.

Na cidade de Serrana, a vacina CoronaVac foi usada em praticamente toda a população adulta e as mortes em decorrência do coronavírus caíram em 95%. Este é o indicativo de que, conforme a vacinação avança no país, como é possível ver no exemplo de Mato Grosso do Sul e em São Paulo, mais tranquila — e segura — será a retomada.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos