Mercado abrirá em 8 h 51 min
  • BOVESPA

    108.651,05
    +248,77 (+0,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.241,81
    -113,05 (-0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,15
    -0,35 (-0,39%)
     
  • OURO

    1.807,20
    -5,10 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    22.882,90
    -949,75 (-3,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    530,94
    -26,41 (-4,74%)
     
  • S&P500

    4.122,47
    -17,59 (-0,42%)
     
  • DOW JONES

    32.774,41
    -58,13 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.488,15
    +5,78 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    19.588,68
    -414,76 (-2,07%)
     
  • NIKKEI

    27.798,83
    -201,13 (-0,72%)
     
  • NASDAQ

    13.011,25
    -20,25 (-0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2349
    +0,0022 (+0,04%)
     

Mastercard quer ‘entrar de cabeça’ no metaverso e NFTs

·1 min de leitura
Empresa já havia anunciado, anteriormente, a expansão de seus serviços relacionados a criptomoedas e metaverso
Empresa já havia anunciado, anteriormente, a expansão de seus serviços relacionados a criptomoedas e metaverso

(Getty Images)

  • Mastercard solicita registro de 15 marcas relacionadas a criptomoedas e metaverso nos EUA;

  • Objetivo da empresa é investir no metaverso, em criptomoedas e em NFTs;

  • Dentre as metas, está a criação de cartões virtuais, aplicativos e marketplace.

A Mastercard solicitou, ao Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos, o registro de 15 marcas relacionadas a criptomoedas, metaverso e NFTs (tokens não-fungíveis). A ação foi tomada na última segunda-feira (4).

O objetivo da empresa é investir em cartões virtuais para pagamentos de bens e serviços dentro do metaverso, cujo mercado já vale mais de US$ 47 bilhões (R$ 220 bilhões), segundo a Statista. A ideia inclui um aplicativo para criar NFTs e um marketplace para vendê-los em forma de músicas, obras de arte, texto e vídeo.

Conforme divulgado pelo Olhar Digital, a Mastercard pretende realizar alguns eventos no metaverso, especialmente no que diz respeito às áreas de finanças, ativos digitais e NFTS. Basicamente, é como foi o Australian Open, torneio de tênis feito no mundo virtual Decentraland, um dos mais populares hoje em dia.

Soluções em criptomoedas

Em fevereiro, a empresa de pagamentos anunciou a expansão de seus serviços de consultoria para ajudar bancos e comerciantes a adotarem ativos digitais, como criptomoedas e NFTs.

Cerca de 500 recém-formados e jovens profissionais serão contratados com a missão de auxiliar empresas e bancos a entenderem a evolução dos ativos digitais e do cenário financeiro. As novas áreas de consultoria cobrirão a avaliação de risco de NFT e moeda digital, bem como vão permitir a criação de estratégias ​​em torno do desenvolvimento de cartões de crédito e programas de fidelidade cripto.

Em comunicado, a Mastercard informa que fez parcerias com empresas nativas digitais que oferecem soluções em criptomoeda e as ajudou a expandirem para novos mercados a partir de planejamento de entrada no setor e estratégias de comercialização.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos