Mercado abrirá em 9 h 9 min

Mastercard fecha escritório em SP após funcionário contrair o novo coronavírus

Fidel Forato

Com aumento de casos do novo coronavírus SARS-CoV-19 no Brasil, a empresa de pagamentos e cartões MasterCard paralisou as atividades de seu escritório na cidade de São Paulo, depois que um funcionário deu positivo, em exame clínico, para COVID-2019. Hoje (6), o Ministério da Saúde declarou que já subiu para 13 o número de casos de infecção confirmadas no país.

No início desta semana, o funcionário, em questão, visitou o escritório da Mastercard, em Purchase North, no estado de Nova York, nos Estados Unidos. Hoje, o funcionário recebe os cuidados médicos adequados e está em repouso.

Escritório da Mastercrad fecha atividades em São Paulo, após funcionário contrair o novo coronavírus em viagem internacional (Foto: Divulgação/ Mastercard)

"Embora se acredite que haja um baixo risco de transmissão para a maioria de nossos funcionários que não estiveram em contato próximo com esse indivíduo, notificamos os membros da nossa equipe e eles estão tomando as medidas necessárias para monitorar sua própria saúde", explica o comunicado emitido pela companhia.

Ainda de acordo com a empresa: "A conselho das autoridades de saúde pública, fechamos nossos escritórios em São Paulo e Purchase North, que passam por um processo de higienização completa. Além disso, os funcionários que estiveram em contato com o funcionário afetado e estão desenvolvendo os sintomas deverão procurar atendimento médico e trabalhar em casa por 14 dias. Eles só retornarão ao escritório após esse período e desde que eles — ou qualquer membro de sua família — não estejam doentes ou apresentando os sintomas."

Vale mencionar que as operações da Mastercard continuam normalmente, mesmo com o fechamento do escritório na cidade de São Paulo.


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: