Mercado fechado

Mastercard fecha escritório em São Paulo por coronavírus, diz agência

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Mastercard fechou seu escritório em São Paulo, depois que um funcionário da empresa contrair o coronavírus.

Segundo a Bloomberg, ele trabalha no Brasil, mas esteve em um escritório anexo à sede em Purchase, no estado de Nova York. Esse escritório também teria sido fechado.

As unidades em São Paulo e em Purchase estariam passando por um "processo de higienização completo", diz a Bloomberg.

Em nota, a empresa disse que, embora acredite ser baixo o risco de transmissão à maioria dos funcionários, notificou toda a equipe, para que pudessem monitorar as condições de saúde.