Mercado fechará em 4 h 34 min
  • BOVESPA

    110.164,15
    +23,51 (+0,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.874,91
    -1.144,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,20
    +0,32 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.897,80
    -33,00 (-1,71%)
     
  • BTC-USD

    23.355,51
    -516,88 (-2,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    533,30
    -12,01 (-2,20%)
     
  • S&P500

    4.179,76
    +60,55 (+1,47%)
     
  • DOW JONES

    34.053,94
    -39,02 (-0,11%)
     
  • FTSE

    7.857,19
    +37,03 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.582,75
    -264,00 (-2,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5404
    +0,0507 (+0,92%)
     

Mastercard Economics Institute: Perspectiva Econômica para 2023

Uma economia global em várias velocidades significa que alguns mercados sentirão o impacto da inflação e do aumento das taxas de juros de maneira mais intensa, as experiências ainda se saem melhor do que os bens, dada a demanda reprimida contínua por viagens e mudanças contínuas nas preferências do consumidor.

SAO PAULO, 19 de janeiro de 2023 /PRNewswire/ -- O Mastercard Economics Institute divulgou sua previsão anual para o próximo ano, que mostra como uma nova economia global em várias velocidades afetará o crescimento e o comportamento dos gastos do consumidor. O "Economic Outlook 2023" baseia-se em uma infinidade de conjuntos de dados públicos e proprietários, bem como em modelos destinados a estimar a atividade econômica. O relatório explora quatro temas que continuarão a moldar o ambiente econômico global — altas taxas de juros e moradia, trocar pelo mais barato e pesquisar antes de comprar, preços e preferências, e oscilações e omnicanalidade.

Entre as principais conclusões estão:

  • Após anos de boom imobiliário, as taxas de juros mais altas deverão espremer os orçamentos do custo de vida, mudando amplamente a maneira como os consumidores gastam. Nos principais países desenvolvidos, os gastos relacionados à habitação como parcela dos bens deverão cair em cerca de 4,5%[1] ao longo de 2023, abaixo dos níveis pré-pandêmicos.

  • O gasto amplo deverá permanecer resiliente diante da inflação, com os consumidores escolhendo marcas que cabem no bolso e buscando o melhor valor. Globalmente, os compradores de supermercado fizeram 31% mais viagens à loja este ano em comparação com 2019 – em parte para reduzir o desperdício de alimentos – enquanto o gasto médio por visita é cerca de 9% menor[2].

  • À medida que os custos de alimentos e energia consomem uma parcela maior do orçamento do consumidor, as famílias de baixa renda sentirão um aperto particularmente forte. De 2019 a 2022, vimos os gastos discricionários[3] das famílias de alta renda crescerem quase duas vezes mais rápido do que as famílias de baixa renda. No entanto, grande parte dessa lacuna diminuirá com a normalização da inflação. O Economics Institute prevê que a pressão inflacionária diminua no próximo ano, com a taxa média de inflação das economias desenvolvidas caindo de 7,1% A/A no quarto trimestre de 2022 para 3,1% A/A no quarto trimestre de 2023.[4]

  • As empresas com presença omnicanal são mais propensas a resistir às oscilações ao atender o cliente onde ele deseja comprar. Nossa análise sugere que ter uma presença multicanal proporcionou um aumento de 6 pontos percentuais nas vendas do setor de varejo até 2022.[5] Pequenos e grandes restaurantes foram salvos de perder 31% adicionais das vendas durante o auge dos bloqueios com sua presença omnicanal.[6]

  • Da mesma forma, as pequenas lojas de roupas omnicanal superaram as empresas apenas online e as lojas físicas, crescendo 10% e 26% mais rápido, respectivamente.[7]

O relatório "Shifting Wallets: New consumer spending habits" completo pode ser visto aqui. Outros relatórios do Mastercard Economics Institute podem ser encontrados aqui

© 2022 Mastercard International Incorporated. Todos os direitos reservados.

Isenção de Responsabilidade
Esta apresentação do Mastercard Economics Institute (Esta "Apresentação") e o conteúdo ou partes dela não podem ser acessados, baixados, copiados, modificados, distribuídos, usados ou publicados em qualquer forma ou mídia, exceto conforme autorizado pela Mastercard. Esta apresentação e conteúdo destinam-se apenas como uma ferramenta de pesquisa para fins informativos e não como conselhos de investimento ou recomendações para qualquer ação ou investimento específico e não devem ser considerados, no todo ou em parte, como base para tomadas de decisão ou fins de investimento. Esta apresentação e seu conteúdo não são garantidos quanto à precisão e são fornecidos "como estão" para usuários autorizados, que avaliam e usam essas informações por sua própria conta e risco. Esta apresentação e seu conteúdo, incluindo previsões econômicas estimadas, simulações ou cenários do Mastercard Economics Institute, não refletem de forma alguma o desempenho operacional ou financeiro esperado (ou real) da Mastercard. O Mastercard Economics Institute usa uma infinidade de conjuntos de dados (públicos e proprietários), bem como modelos destinados a estimar a atividade econômica.

Sobre Mastercard Economics Institute
Fundado em 2020, o Mastercard Economics Institute baseia-se em medições econômicas únicas, de alta frequência e acionáveis para fornecer aos líderes empresariais e governamentais os insights necessários para tomar decisões ponderadas com melhores resultados.

Sobre a Mastercard
A Mastercard é uma empresa global de tecnologia do setor de pagamentos. Nossa missão é conectar e impulsionar uma economia digital inclusiva que beneficie a todos, em todos os lugares, tornando as transações seguras, simples, inteligentes e acessíveis. Usando dados e redes seguras, parcerias e paixão, as nossas inovações e soluções ajudam indivíduos, instituições financeiras, governos e empresas a alcançar seu maior potencial. Nosso quociente de decência, ou DQ, impulsiona a nossa cultura e tudo o que fazemos dentro e fora de nossa empresa. Com conexões em mais de 210 países e territórios, estamos construindo um mundo sustentável que abre possibilidades Priceless para todos.

[1] Estimativas do Mastercard Economics Institute. Com base em uma análise de volumes comutados agregados e anonimizados da Mastercard (dólares americanos nominais não ajustados para FX) e dados de contas nacionais de várias agências nacionais de estatísticas.

[2] Em uma amostra de 15 países, com base em uma análise de volumes agregados e anônimos comutados da Mastercard (moeda local nominal) até setembro de 2022.

[3] Os gastos discricionários, conforme definido pelo Mastercard Economics Institute, incluem categorias de consumo em que os consumidores normalmente compram bens e serviços não essenciais. Por exemplo, inclui gastos em vestuário, joias, decoração de interiores, eventos e lojas de eletrônicos. Os gastos não discricionários incluem categorias essenciais de consumo, como alimentos e combustível.

[4] Estimativas do Mastercard Economics Institute da inflação média global.

[5] Com base em uma análise de volumes comutados agregados e anonimizados da Mastercard (moeda local nominal) até setembro de 2022. Classificação de SMB x empresas de grande porte com base em um modelo de classificação proprietário do Mastercard Economics Institute.

[6] Em uma amostra de 12 países, com base em uma análise de volumes agregados e anonimizados da Mastercard (moeda local nominal) até setembro de 2022, usando um painel fixo de comerciantes para reduzir o viés na medição.

[7] Com base em uma análise de volumes comutados agregados e anonimizados da Mastercard (moeda local nominal) até setembro de 2022. Classificação de SMB x empresas de grande porte com base em um modelo de classificação proprietário do Mastercard Economics Institute.

FONTE Mastercard