Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,79
    +2,17 (+2,02%)
     
  • OURO

    1.823,80
    -6,50 (-0,36%)
     
  • BTC-USD

    20.917,78
    -387,49 (-1,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    455,62
    -6,17 (-1,34%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.258,32
    +49,51 (+0,69%)
     
  • HANG SENG

    22.229,52
    +510,46 (+2,35%)
     
  • NIKKEI

    26.871,27
    +379,30 (+1,43%)
     
  • NASDAQ

    12.065,00
    -75,50 (-0,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5363
    -0,0161 (-0,29%)
     

Mastercard e dona da MetaMask anunciam solução para micropagamentos no Ethereum

·1 min de leitura

Em parceria com a Consensys, criadora da carteira de criptomoedas MetaMask, a Mastercard vai desenvolver uma rede blockchain compatível com Ethereum para micropagamentos, corretoras descentralizadas (DEx), finanças descentralizadas (DeFi) e moedas digitais de bancos centrais (CBDC). A plataforma é chamada de Consensys Rollups, e pretende oferecer uma solução mais rápida e eficiente que o Ethereum com a segurança da principal rede de contratos inteligentes do mundo.

O lançamento é voltado tanto para redes abertas quanto para instituições que precisam de uma blockchain com maior controle de dados. A tecnologia “rollups“ permite a criação de redes secundárias que agilizam e barateiam as transações do Ethereum sem descuidar da segurança — os dados continuam a ser validados pela rede principal.

Rede deve permitir maior controle de dados (Imagem: Reprodução/Envato/biasciolialessandro)
Rede deve permitir maior controle de dados (Imagem: Reprodução/Envato/biasciolialessandro)

Segundo a Consensys, as soluções criadas na nova plataforma podem atingir taxa de transferência de até 10 mil transações por segundo em uma rede privada (em redes privadas comuns são 300 e na rede principal do Ethereum apenas 15. “A ConsenSys Rollups permite mais escalabilidade, além de fortes proteções de privacidade para aprimorar as soluções para casos de uso existentes e permitir novos”, diz Madeline Murray, líder global de engenharia de protocolo da ConsenSys.

A tecnologia de criptografia utilizada é a Zero-Conhecimento (zero-knowledge), considerada por Vitalik Buterin, cofundador do Ethereum, como o futuro. A partir dela, dados como conta bancária, valores e identidade dos usuários são encobertos, de forma a proteger a privacidade em transações privadas e até com governos. “A proteção do consumidor é essencial para qualquer solução de blockchain”, explica Raj Dhamodharan, vice-presidente executivo de ativos digitais e produtos e parcerias blockchain da Mastercard.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos