Mercado abrirá em 51 mins
  • BOVESPA

    112.282,28
    +2.032,55 (+1,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.338,34
    +510,21 (+1,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,91
    -0,32 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.773,80
    -5,00 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    43.537,64
    +1.495,96 (+3,56%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.090,34
    +49,86 (+4,79%)
     
  • S&P500

    4.395,64
    +41,45 (+0,95%)
     
  • DOW JONES

    34.258,32
    +338,48 (+1,00%)
     
  • FTSE

    7.082,45
    -0,92 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    24.510,98
    +289,44 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.240,25
    +76,75 (+0,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1669
    -0,0419 (-0,67%)
     

Mastercard compra empresa de rastreamento de criptomoedas

·2 minuto de leitura
Empresa Mastercard, emissora de cartões
Empresa Mastercard, emissora de cartões

A Mastercard acaba de comprar a CipherTrace, empresa focada no rastreamento de criptomoedas que ajuda outras companhias com questões relacionadas a segurança e fraude.

A aquisição da gigante no setor de pagamentos é uma aposta em um setor das criptomoedas que é pouco comentado, o de segurança. Tanto pessoas físicas quanto empresas sofrem com roubos e outros tipos de fraudes, desde 2011. Na lista dos maiores roubos de criptomoedas da história, é possível encontrar quantias maiores que 850.000 BTC em um único roubo.

E a história continua se repetindo até os dias atuais.

CipherTrace

O papel da CipherTrace é prevenir e remediar estes tipos de acontecimentos. Um dos clientes da empresa é a corretora Binance, através desta parceria a corretora pode usar os serviços da CipherTrace para prevenir que criminosos a usem como um meio de limpar os seus rastros após cometer um crime, como um hack em um protocolo de DeFi.

A empresa vai muito além de oferecer serviços a exchanges de criptomoedas, ela também trabalha com grandes bancos, reguladores governamentais e outras instituições financeiras. Bem como também atua em cima de várias blockchains diferentes.

Há cerca de um ano, a CipherTrace também afirmou que foi a primeira empresa a criar um sistema que conseguia rastrear transações de Monero (XMR), uma criptomoeda que é muito utilizada como um ponto final por quem deseja sair do radar. Muitas dessas conversões e transações de XMR são de atividades ilegais.

Mastercard

A Mastercard, que está presente em mais de 210 países e está no setor de pagamentos há 55 anos, sabe que a segurança é fundamental tanto para usuários quanto empresas. A entrada da Mastercard no setor das criptomoedas, mesmo que nos bastidores, pode gerar mais confiança a novos usuários que hoje não se sentem confortáveis em usar exchanges. Aumentando assim o alcance do Bitcoin.

Este não é o primeiro investimento da Mastercard no ramo das criptomoedas, em julho deste ano a empresa criou o Start Path, um programa para acelerar o desenvolvimento de startups relacionadas a criptomoedas.

Além disso, a Mastercard também tem parcerias com as exchanges Gemini, BitPay e Uphold, com foco na disponibilização de cartões aos usuários das mesmas.

A estratégia da Mastercard em aumentar sua posição no mercado de criptomoedas através do setor de segurança parece ser uma ótima notícia para todos do setor. Tanto pessoas quanto empresas e governos poderão se sentir mais seguros em relação ao uso e aceitação de criptomoedas.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos