Mercado abrirá em 6 h 56 min
  • BOVESPA

    129.513,62
    +1.085,64 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.558,32
    +387,54 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,49
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.779,40
    +2,70 (+0,15%)
     
  • BTC-USD

    34.553,37
    +1.637,27 (+4,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    831,00
    +44,38 (+5,64%)
     
  • S&P500

    4.266,49
    +24,65 (+0,58%)
     
  • DOW JONES

    34.196,82
    +322,58 (+0,95%)
     
  • FTSE

    7.109,97
    +35,91 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    29.264,87
    +382,41 (+1,32%)
     
  • NIKKEI

    29.051,67
    +176,44 (+0,61%)
     
  • NASDAQ

    14.365,50
    +11,25 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,8655
    +0,0032 (+0,05%)
     

Marketplace do Facebook na Europa é alvo de investigações antitruste

·1 minuto de leitura
.

Por Foo Yun Chee e Kate Holton

BRUXELAS/LONDRES (Reuters) - União Europeia e Reino Unido abriram investigações nesta sexta-feira para determinar se o Facebook está usando dados de usuários para competir de maneira injusta com anunciantes.

A Comissão Europeia quer saber se o Facebook violou a lei de defesa da concorrência no bloco para seu Marketplace competir de forma injusta no mercado de classificados. O regulador do Reino Unido fará uma investigação com o mesmo fim.

"Na economia digital de hoje, os dados não deveriam ser usados de maneira que distorçam a competição", disse a comissária europeia de concorrência, Margrethe Vestager.

Vestager já determinou mais de 8 bilhões de euros em multas contra o Google e está investigando Amazon e Apple. O regulador britânico também está avaliando os negócios de Google e Apple.

Lançado em 2016, o Marketplace do Facebook opera em 70 países e tem estado na mira da União Europeia desde 2019.

"Vamos olhar em detalhe se estes dados dão ao Facebook uma vangagem indevida em particular no setor de classificados, onde as pessoas compram e vendem produtos todos os dias, e onde o Facebook também compete com empresas das quais coleta dados", disse Vestager.

O Facebook afirmou que as investigações não têm mérito.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos